Tamanho do texto

Luiz Gama usou o Twitter para ofender o jornalista gay que apresento o "JN"

O radialista Luiz Gama foi afastado da BandNews FM Goiânia após usar suas redes sociais para ofender os jornalistas da Globo Matheus Ribeiro e Maju Coutinho . As publicações com teor homofóbico e racista foram apagadas, mas a advogada do jornalista que virou assunto por ser o primeiro homossexual a apresentar o “ Jornal Nacional ” já avisou que medidas nas áreas cível e criminal estão sendo tomadas.

Leia também: Chamado de queima rosca, jornalista Matheus Ribeiro vai processar radialista

Matheus Ribeiro, Luiz Gama arrow-options
Reprodução/Instagram/@matheusribeirotv/@luizgamaoficial
Luiz Gama foi afastado da BandNews FM Goiânia após ataques a Luiz Gama


Em nota, a rádio explicou por qual razão decidiu afastar o radialista que ofendeu Matheus Ribeiro e Maju Coutinho: “Não cabe à BandNews FM Goiânia fazer juízo ou patrulhamento sobre posições pessoais de seus funcionários quando adotadas fora do ambiente da programação ou da produção jornalística.

Leia também: Jornalista fala sobre ser primeiro apresentador gay a comandar o "JN"

Por outro lado, o conjunto de ideias e posicionamentos de seu grupo de jornalistas, âncoras e comentaristas, fazem da Band News FM uma forte aliada na defesa de valores importantes para uma sociedade saudável, equilibrada e justa. Com tal postura, a Band News FM Goiânia combate com convicção quaisquer manifestações de preconceito, intolerância ou discriminação.

Desta forma, mesmo se tratando de iniciativa exterior, individual, dissociada do posicionamento da emissora e dos ideais que ela defende, informamos que não se manterá como parte da equipe qualquer funcionário que tenha comportamento adverso a estes valores.

Em comum acordo com a equipe Feras do Esporte, iniciamos renovação de quadro funcional no sentido de afastar o funcionário (Luiz Gama) que adotou caminho contrário a esta postura”.

Leia também: Jornalista que vai apresentar o “JN” se declara para o namorado policial

As polêmicas publicações do radialista diziam que Matheus Ribeiro “virou a bola da vez no jornalismo nacional só porque revelou que sua rosquinha está à disposição” e também que Maju Coutinho só está no comando do “Jornal Hoje” por conta da cor de sua pele.