Tamanho do texto

Ao iG Gente, a modelo criticou o envolvimento com artistas e ainda falou sobre atuação em filme pornô e relação do pai com seu ensaio nu

Há 10 anos na mídia, Geisy Arruda está querendo dar um up em sua história e acredita que a reviravolta em sua trajetória, de ex-estudante de turismo a símbolo sexual do Brasil, deve ser retratada nas telonas dos cinemas. “Vão fazer a Suzane von Richthofen, porque não fazer eu? Pelo menos não matei ninguém”, brinca a modelo ao falar sobre sua ideia.

Leia também: 10 anos após polêmica, Geisy Arruda comemora ter impulsionado o feminismo

Geisy Arruda arrow-options
Reprodução/ Instagram @geisy_arruda
Geisy Arruda

Segundo ela, sua vida é algo interessante e só precisa de algum roteirista para apostar e realizar este projeto. Se der certo, a ideia vai ser acompanhada de perto por Geisy Arruda , que já imagina algumas cenas ousadas para maiores de 18 anos. “Tem que ter uma apimentada! Eu sou assim. Tenho um lado proibido para menores”, explica.

Leia também: Geisy Arruda posa com Kid Bengala e diz se faria pornô

Até no elenco ela pensou. Nada de contratadas da Globo , como Juliana Paes e Paolla Oliveira, por exemplo. “Eu não sou óbvia! As atrizes que estão aí na novela das 21h, são boas, mas já estão na mídia”, esclarece, dizendo ainda que daria oportunidade para iniciantes do teatro.

Geisy Arruda em entrevista ao iG Gente arrow-options
Reprodução/ Instagram @geisy_arruda
Geisy Arruda em entrevista ao iG Gente

Apesar de estar inserida na mídia, ter feito curso de atuação e desejar trabalhar em novelas, ela afirma que há falta de oportunidade nesse meio: “Ninguém chama. É difícil, ainda mais quando você já vem de um nicho de polêmica, tem muito preconceito”. 

Não é só na questão contratual que Geisy sente esta exclusão. Segundo a youtuber, lidar com a classe artística nunca foi fácil, inclusive quando participou de “A Fazenda”, na Record TV . “As pessoas não entendiam porque eu estava lá, falavam: ‘o que essa menina está fazendo aqui? Está ocupando o lugar de alguém. Ela nem é artista’”, se recorda.

A modelo afirma já ter sido boicotada em eventos e rejeitada por globais: “Já tiveram atores da Globo que se negaram a tirar foto comigo. Já teve de não querer ficar nem no mesmo ambiente que eu, sendo que nós estávamos no mesmo evento fazendo uma presença vip”.

Embora tais situações tenham resultado em um desconforto, ela não se deixa levar e garante que agora este fator diminuiu. “As pessoas começaram a me aturar e hoje elas me aceitam, mas no começo eu era odiada. Agora, eles têm que me aturar, têm que me engolir”, diz.

Atriz de filme pornô

Geisy Arruda arrow-options
Reprodução/ Instagram @geisy_arruda
Geisy Arruda

Apesar da dificuldade em se tornar uma artista em rede nacional, Geisy já foi cogitada como atriz pornô , mas recusou o convite por falta de vontade própria. “Eu gosto de sexo de verdade. Um filme é um filme, é tudo de mentira, com encenação”, explica a morena.

Por incrível que pareça, se não for para assistir a outras pessoas, a ideia não agrada-a de nenhuma maneira: “Para quê eu vou fazer algo que eu gosto, mas que está totalmente deturpado? Não é aquilo que eu quero. Vou me sentir tipo ‘quero foder de verdade, não quero ver qual é o melhor ângulo’. Eu ia passar raiva e no final nem iria gozar, só iria ganhar grana”.

Geisy Arruda arrow-options
Reprodução/ Instagram @geisy_arruda
Geisy Arruda

Trabalhar no set de filme pornô não é a praia de Geisy, mas não exclui sua boa relação com o nudismo, tanto em revistas masculinas, quanto em publicações nas redes sociais. Entretanto, nem tudo com relação a isso foi sempre bem aceito. Segundo ela, protagonizar o primeiro ensaio nu resultou na chateação de seu pai, que se manteve, literalmente, calado após o trabalho da filha.

“Os amigos dele faziam piadinhas, ‘comprei a revista da sua filha, ela autografa para mim?’. Uma vez, vi que ele estava cabisbaixo e falei: ‘O senhor não precisa ver a revista. O dinheiro que eu posei nua, eu comprei nossa casa. Então quando ficar chateado com isso, lembra o que eu fiz com o dinheiro’, pronto! Para ele era uma coisa muito difícil, um senhor de idade, nordestino, mas depois que eu coloquei que foi para o bem da gente e ele parou. Ele nunca viu a revista, mas respeitou”.

Falem bem ou falem mal, mas falem dela

Geisy Arruda arrow-options
Reprodução/ Instagram @geisy_arruda
Geisy Arruda

Nas redes a youtuber não tem tempo ruim, mas normalmente as publicações da mesma vem acompanhadas de haters, mas isso serve de forma positiva para sua popularidade. 

Geisy Arruda arrow-options
Reprodução/ Instagram @geisy_arruda
Geisy Arruda

“As pessoas se expõem o tanto que elas aguentam. No momento que você dá à sua cara à tapa, você tem que estar preparado para apanhar. Os comentários negativos não me influenciam em nada. Acho que o segredo da fama é esse: não agradar todo mundo. Há quem te odeie e há quem te ame. As pessoas que não gostam de mim é porque não me conhecem direito, porque se conhecessem me amariam”, afirma.

Segundo ela, sua libertinagem é alvo frequente de ataques: “A gente sai da barriga da mãe sofrendo preconceito. É terrível ser mulher. É terrível ser uma mulher como eu hoje. ‘Você não deveria falar tanto de sexo, não deveria usar saia curta, não deveria transar no primeiro encontro, deveria casar e ter filhos’, é uma chatice”.

Leia também: Geisy Arruda participa de sessão sadomasoquista: "Amarradinha"

Além dos fatores negativos, a alta na mídia também deu espaço a fãs e trouxe como consequência o assédio. Geisy Arruda , por sua vez, garante que sabe lidar muito bem com isto e quando não está bem, prefere ficar em casa para não descontar no público.

    Leia tudo sobre: Youtube Instagram