Tamanho do texto

A partir de sua conta oficial do Twitter, atriz da Rede Globo expressou sua opinião sobre a fotografia compartilhada pelo presidente na rede social

Nesta sexta-feira (11) Patrícia Pillar atualizou sua conta do Twitter para criticar o presidente da república Jair Bolsonaro (PSL). Em sua publicação, a atriz da Globo condenou o correligionário por posado com uma criança que vestia a farda da Polícia Militar e segurava na mão uma arma de brinquedo.  "Que mentalidade macabra é essa? Não reconheço este Brasil", escreveu ela.

Leia também: Patrícia Pillar sobre vontade de ser mãe: “acho que eu já superei”

Patrícia Pillar arrow-options
Divulgação
Patrícia Pillar

Leia também: Chega ao fim namoro de Patrícia Pillar e diretor-geral da Globo

Quem também reagiu à imagem foi o ex-jornalista da Band Fabio Pannunzio. "O ditador Bolsonaro é um degenerado. Não tem a menor respeito pela infância. O Art. 242 do ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente) tipifica a conduta abominável registrada nessa foto. É crime 'Vender, fornecer (...) ou entregar a criança ou adolescente arma, munição ou explosivo: Pena: reclusão de 3 a 6 anos'", disse o ex-jornalista da Band em apoio à publicação de Patrícia Pillar .

Leia também: Patrícia Pillar refuta boatos de agressão por Ciro e garante voto no ex-marido

Bolsonaro encontrou o garoto durante cerimônia de formatura de sargentos da PM de São Paulo. O evento foi realizado no Sambódromo do Anhembi.