Tamanho do texto

Produtor de conteúdo está recebendo diversos tipos de ameaças por organizar uma doação de livros com temática LGBTQ+ na Bienal do Livro

Consagrado, o autor brasileiro Paulo Coelho utilizou sua conta no Twitter para conceder apoio ao youtuber Felipe Neto, que está tendo sua integridade física ameaçada por organizar uma doação de livros com temática LGBTQ+ na Bienal do Livro, no Rio de Janeiro.

Leia também:  Felipe Neto acusa empresa de roubar milhares de dólares em cima de seus vídeos

Paulo Coelho e Felipe Neto arrow-options
Divulgação / twitter
Paulo Coelho e Felipe Neto

"Ele poderia ser nosso filho. Nosso Felipe. Nosso Neto. Está contra a censura, a intolerância e a barbárie. Está do lado da diversidade, da liberdade de expressão e da literatura. Ele está do nosso lado. E nós estamos com ele", escreveu Paulo Coelho nesta segunda-feira (16), em apoio a Felipe Neto

Leia também: Após polêmica na Bienal, deputado quer ouvir depoimento de Felipe Neto

Mais cedo, ainda nesta segunda (16), Felipe declarou que estava recebendo diversos tipos de ameaças e que, por perigo iminente, desmarcou um evento que faria nesta terça (17). Além disso, o criador de conteúdo alegou que por segurança, tirou sua mãe do País e acionou a polícia. 

Leia também: Ameaçado, Felipe Neto tira a mãe do País, aciona polícia e cancela evento

Após pouco tempo da publicação de Paulo no Twitter,  Felipe Neto respondeu: "Chorei e é verdade".