Tamanho do texto

Depois da cantora fazer um vídeo criticando Jair Bolsonaro, alguns usuários comentaram que Alcione estava usando uma camisa de Cuba; entenda

Alcione usou suas redes sociais no último sábado (20) para  rebater o presidente Jair Bolsonaro, que referiu-se a todos os governadores do Nordesta com o termo pejorativo "paraíba".

Alcione arrow-options
Reprodução/Instagram
Alcione


"Daqueles governadores de 'paraíba', o pior é o do Maranhão; tem que ter nada com esse cara", afirmou o presidente. Alcione , que é do Maranhão, publicou um vídeo criticando Bolsonaro usando uma blusa com a bandeira de seu estado, mas algumas pessoas confundiram e disseram que a roupa da artista era, na verdade, a bandeira de Cuba.

Leia também: Globo sai em defesa de Miriam Leitão e chama Bolsonaro de mentiroso

"A tal de Alcione, com uma camisa com a bandeira de Cuba, bradar contra Bolsonaro , em defesa do Nordeste", disse um internauta. "Que feio @alcione_marrom!!! Apoiando o pior governador do nordeste?! E essa camisa de Cuba? Mude-se pra lá", disse outro.



"Presidente Bolsonaro , eu não votei no senhor e não me arrependo. Eu sou uma brasileira que não torço contra o governo, não sou burra. Eu sei que se torcer contra, estou torcendo contra o meu país. Agora meu pai sempre me dizia, que meu avô já dizia para ele: 'QUEM QUER RESPEITO, SE DÁ'. E o senhor não está se dando respeito. O senhor precisa respeitar o povo nordestino. RESPEITE O MARANHÃO.", disse a cantora nas redes sociais.

Leia também: José de Abreu torce para que Eduardo Bolsonaro assuma embaixada dos EUA

O senhor tem medo de facada, tem medo de tiro, mas o senhor precisa ter medo do pensamento. O pensamento é uma força. Pense em mais de 30 milhões de nordestinos pensando contra o senhor? Comece a nos respeitar. RESPEITE O POVO BRASILEIRO", finalizou Alcione .