Tamanho do texto

Atriz sofreu complicações respiratórias após passar por uma cirurgia

Lady Francisco morreu neste sábado (25), aos 84 anos, em decorrência de falência múltipla de órgãos. A atriz estava internada desde o dia 28 de abril no Hospital Unimed-Rio, na Barra da Tijuca, Zona Oeste no Rio de Janeiro. Na época, ela caiu no chão enquanto separava uma briga entre seus dois cachorros e fraturou o fêmur.

Leia também: Compartilhamento de arquivo da Legião Urbana vira caso de polícia

Lady Francisco
Raquel Cunha/TV Globo
Lady Francisco morre aos 84 anos no Rio de Janeiro

Por conta da fratura, Lady Francisco precisou fazer uma cirurgia e teve complicações respiratórias. Nas últimas 48 horas, ela teve uma piora em seu quadro de saúde e a situação foi considerada grave.

Em nota, "o Hospital Unimed-Rio informa, com pesar, o falecimento de Leyde Cauquer Francisco, às 13h10 deste sábado, por falência de múltiplos órgãos, decorrente de isquemia enteromesentérica (transtorno vascular agudo dos intestinos)."

Carreira de Lady Francisco

O último trabalho da atriz na TV foi em "Malhação: Vidas brasileiras", em que interpretou a milionária Lorraine. Já sua estreia na telinha foi como garota-propaganda anunciando produtos na Itacolomi, emissora de Belo Horizonte, no final dos anos 1960. A primeira novela foi "Jerônimo, o herói do sertão " (1972), exibida na extinta TV Tupi.

Leia também: Maternidade, protagonista gay e mais destaques de "Malhação: Toda Forma de Amar"

Leyde Chuquer Volla Borelli Francisco de Bourbon nasceu em Belo Horizonte, onde deu os primeiros passos na sua carreira. Nos anos 1970, Lady estrelou várias pornochanchadas, entre elas "Um varão entre as mulheres" (1974), "As deliciosas traições do amor" (1975) e "O padre que queria pecar" (1975). Dois anos depois, a artista voltou a se destacar no cinema, dessa vez no filme "Lúcio Flávio, o passageiro da agonia".

Conhecida do grande público também por sua participação como jurada do programa "Flávio Cavalcanti", sucesso entre as décadas de 60 e 70, a atriz brilhou em inúmeras novelas. Ela se destacou em "Barriga de aluguel", 1990, no papel de Yara, e em 1996 em "Explode coração". Em 2005,  também brilhou como Generosa em "Alma Gêmea".

Leia também: Aplicativo dedicado aos fãs de cinema promete facilitar a vida dos cinéfilos

Lady Francisco deixa dois filhos, Oscar Victor e Andrea Frank.