Tamanho do texto

Atriz foi presa em abril do ano passado após ser indiciada com Keith Raniere, líder do culto, mas pagou fiança de 5 milhões de dólares e foi solta; entenda

Conhecida por dar a vida à Chloe em " Smallville ", Allison Mack se envolveu recentemente em uma polêmica após ser citada em um caso de culto sexual. De acordo com a imprensa internacional, a atriz era responsável por manipular mulheres para que elas virassem escravas sexuais de Keith Reniere, líder do culto.

Leia também: Atriz de "Smallville" pode ser presa por aliciar escravas sexuais em Hollywood

Allison Mack
Divulgação IMDB
Allison Mack assume culpa em caso de culto sexual


Segundo o Hollywood Reporter, Allison Mack assumiu sua culpa durante conversa com os responsáveis legais sobre a acusação. A atriz afirmou que participou do culto, mas que está arrependida, já que acreditava que o intuito do líder era outro. “Eu acreditei que as intenções de Keith Raniere eram para ajudar pessoas, mas eu estava errada”, disse no tribunal.

Por ter assumido a culpa, Allison será absorvida do julgamento ao lado de Raniere e outros membros do culto, que veio à tona em março do ano passado com uma reportagem do NY Post.

Leia também: Atriz de “Smallville” é solta após pagar US$ 5 milhões de fiança

Em abril do ano passado, Allison Mack foi presa sob a acusação de tráfico sexual , conspiração de tráfico sexual e conspiração de trabalho forçado após ser indiciada com Raniere. Menos de uma semana depois, a artista pagou fiança de US$ 5 milhões e foi solta.