Tamanho do texto

Sem laços afetivos entre as cantoras, o que resta é a disputa. Nos próximos dias a drag queen se apresentará na América Latina, na Europa e nos EUA

Cria do underground nacional, Pabllo Vittar é o nome LGBT mais forte da atualidade.  Assim como Anitta, a carreira da drag queen ficou pequena para o Brasil. Buscando não perder terreno para a carioca, que vem apostando na visibilidade estrangeira há algum tempo, a intérprete de Vai Passar Mal trocou sua assessoria de comunicação e vem apostando em novas estratégias para dominar o mercado fonográfico internacional.

Leia também: Polêmica! Drag, Pabllo Vittar fica à frente de Deborah Secco entre as mais sexy

Pabllo Vittar em um fundo colorido e com pom pom
Reprodução Instagram
Pabllo Vittar muda rota para não comer poeira de Anitta

Batizada de “Latina American Tour”, o pontapé inicial de Pabllo Vittar na carreira internacional foi dado no último sábado (06), quando a cantora se apresentou na Cerimônia Music & Arts Festival, no México.

Leia também: Pabllo Vittar usa look com manchetes de jornais relacionadas à homofobia

Diferente da intérprete de Vai Malandra , que foi pisando em ovos para criar alguma solidificação no exterior, Pabllo começou sua nova fase com uma turnê lotada de datas e locais, alguns pelos quais já passou e pretende retornar e outros que não conhece ainda.

Pabllo Vittar fantasiada de carnaval
Reprodução Instagram
Pabllo Vittar em ensaio fotográfico

A busca de Vittar por novos horizontes se vê natural já que sua arte, por si só, já penetrou em inúmeros mercados. Já não é de hoje, por exemplo, que Pabllo ostenta o título de drag queen mais seguida do mundo no Instagram, ultrapassando a norte-americana Rupaul Charles. Ou seja, era uma questão de tempo até que ela criasse asas e levantasse voo. 

Com o fim da amizade entre Anitta e a drag, o que resta é disputa por destaque nas paradas. Ambas consolidadas em solo tupiniquim, Vittar se joga em uma turnê intercontinental para  compensar o tempo em que não esteve presente no cenário internacional. 

Só na América Latina, por exemplo, haverá apresentações no Groove e Studio Theater, em Buenos Aires e Córdoba, na Argentina; e Bunker, no Chile. Na Europa, ela realizará  alguns shows em países como Londres, Irlanda e Portugal - seguindo o caminho de pedras deixado pela intérprete de Vai Malandra .

Para finalizar a turnê, nos Estados Unidos a drag participa de sete paradas LGBT , o que reforça sua presença como ícone da comunidade a qual pertence e mostra um caminho pelo qual sua ex-amiga não pôde seguir.

Pabllo Vittar e Anitta
Reprodução Facebook
Pabllo Vittar e Anitta não são amigas

Leia também: Pabllo Vittar fala pela 1ª vez sobre rixa com Anitta: "A gente não é amiga"

A troca de assessoria de Pabllo Vittar representa um refinamento de sua imagem, novas apostas em seu nome, novos projetos. Se a drag cantora conseguirá alcançar a carioca, só o tempo dirá, mas a expectativa é que essa disputa (não oficial) renda bons frutos.

    Leia tudo sobre: Anitta
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.