Tamanho do texto

O rapper foi preso pela polícia migratória dos Estados Unidos por estar morando ilegalmente no país desde 2006, quando seu visto expirou; confira

O rapper 21 Savage, que foi  preso há nove dias pela polícia migratória dos Estados Unidos, pagou fiança e foi liberado nesta terça-feira (12). "Hoje, 21 Savage teve concedida a liberdade sob fiança, recuperou sua liberdade", disseram seus advogados, Charles Kuck, Dina LaPolt e Alex Spiro em um comunicado.

O rapper 21 Savage foi solto após pagar fiança
Reprodução/Instagram
O rapper 21 Savage foi solto após pagar fiança



No entando, ainda não foi informado se 21 Savage ainda pode ser ser expulso dos Estados Unidos, nem quando ele precisará comparece à Justiça ou à Polícia Migratória (ICE).

Leia também: Após ser acusado de estupro, Chris Brown recebe apoio de Justin Bieber

Os advogadores do rapper também enviaram uma mensagem de agradecimentos aos fãs, que, embora não tenha ido à cerimônia do Grammy, em Los Angeles, "estava pensando neles e está agradecido pelo apoio de todos".

Uma petição lançada após a prisão do cantor para exigir a sua libertação foi assinada por mais de 460.000 pessoas entre elas, famosos como Kendrick Lamar, Post Malone e Jay-Z, além de figuras políticas como a jovem estrela democrata do Congresso, Alexandria Ocasio-Cortez.

Leia também: Filha de Eminem, Hailie Scott é nova promessa entre as influenciadoras digitais

Os advogados de 21 Savage  explicaram que o cantor estava em situação irregular desde a expiração de seu visto, em 2006, quando ainda era menor de idade, uma situação comparável à dos 1,8 milhão de jovens que chegaram aos Estados Unidos quando menores e ainda não têm documentos quando adultos.