Tamanho do texto

Alexandra Waterbury, bailarina do New York City Ballet entrou com processo criminal contra o ex-namorado, também membro da companhia

Alexandra Waterbury , bailarina do NYC,( New York City Ballet ) de 19 anos, entrou com um processo criminal contrao ex-namorado, o também dançarina da companhia Chase Finlay.

Leia também: Ex-BBB Anamara será indenizada por boate após ser agredida por seguranças

Alexandra Waterbury, bailarina do NYC
Reprodução/Instagram
Alexandra Waterbury, bailarina do NYC


De acordo com o Daily Mail, a bailarina do NYC acusou o ex-namorado, com quem ficou por um ano, de fazer vítimos íntimos sem seu consentimento e divulgá-los para amigos e outros colegas de trabalho, inclusive dentro do New York City Ballet.

Ainda segundo a publicação, o processo também diz que outras bailarinas tiveram fotos nuas divulgadas, feitas em sistema de troca entre outros rapazes bailarinos. Entre os comentários, os dançarinos teriam dito que elas "deveriam ser abusadas como animais de fazenda" e que "deveríamos colocar um quilo de cocaína em cima das garotas e estuprá-las".

Leia também: Atriz de "Plantão Médico", que acusou Clooney de assédio é morta pela polícia

Alexandra entrou com processo por abuso, violação e desumanização dos direitos das mulheres. Segundo o Daily Mail, o documento conta com 40 páginas e diz que o ex-namorado dela chegou a repassar imagens até para um homem resposnável por agencias prostituas

 O próprio New York City Ballet também está sendo acusado por Alexandra de "ser um terreno fértil de exploração sexual, na qual mulheres são tratadas como cidadãs de segunda classe".

"Os dançarinos homens sabem que estão 'acima da lei' e podem fazer o que quiserem e quando quiserem, com tudo isso administrado pelos executivos do NYC Ballet", diz outro trecho do processo. Um bailarino também teria ido para a reabilitação por conta do abuso de drogas e por violência doméstica envolvendo uma bailarina, mas voltou à companhia uma semana depois como se nada tivesse acontecido.

Leia também: Asia Argento é acusada de assédio sexual por ator menor de idade

Os documentos ainda têm prints de conversas trocadas entre bailarinos onde eles negociam troca de fotos íntimas de suas namoradas. "Vocês têm fotos de garotas que vocês f******?", diz Finlay antes de enviar uma foto de Alexandra nua. "Vou mandar fotos que tenho de outras bailarinas que fiz gritar e gemer", completa ele. A troca de mensagens, fotos e vídeos envolvendo a bailarina do NYC começaram em setembro do ano passado e continuaram até maio deste ano.



    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.