Tamanho do texto

Propaganda desrespeitou duas regras de venda de produtos para o público infantil e adolescente. Equipe da cantora tem até 10 dias para recorrer

Em reunião realizada na última terça-feira (31), o Conar (Conselho Nacional de Autorregulação Publicitária) suspendeu a veiculação de um anúncio do álbum de figurinhas digital da atriz e cantora Larissa Manoela. Segundo o órgão, o comercial desrespeita duas regras do conselho de ética para venda de produtos para crianças e adolescentes.

Leia também: Whindersson Nunes posta foto zoando Larissa Manoela e Thomaz Costa comenta

Larissa Manoela, atriz-cantora, ainda não se posicionou sobre a polêmica
Divulgação
Larissa Manoela, atriz-cantora, ainda não se posicionou sobre a polêmica

Segundo assessoria de imprensa do Conar, os agentes de Larissa Manoela foram notificados e têm até 10 dias após a suspensão do comercial para recorrer da decisão tomada pelo conselho de ética formado por 18 conselheiros.

Leia também: Larissa Manoela provoca haters ao ironizar tamanho de sua testa

As irregularidades de Larissa Manoela

Comercial de Larissa Manoela tem duas irregularidades, segundo Conar
Divulgação
Comercial de Larissa Manoela tem duas irregularidades, segundo Conar

A primeira regra desrespeitada pelo anúncio da atriz-cantora foi sobre o apelo imperativo de consumo: “havia insistência no consumo do produto”, comentou o assessor Eduardo Corrêa sobre o comercial.

Além disso, no anúncio divulgado em 26 de abril no perfil de Larissa Manoela no Instagram, a atriz fala: "Envie agora um SMS". Na legenda da publicação, ela detalhava: "Colecione agora todas as figurinhas exclusivas". Essas frases, no entendimento do Conar, também são classificadas como “apelos imperativos de consumo”.

Já a segunda irregularidade na propaganda do álbum de Larissa Manoela remete a falta de explicação sobre uma suposta gratuidade: “Nós realmente checamos a gratuidade do serviço, no entanto havia a necessidade de explicar melhor essa parte”, completou o assessor do Conar. Confira o comercial na íntegra: 


E agora?

Larissa Manoela e equipe tem até 10 dias para recorrer à decisão do Conar
Divulgação
Larissa Manoela e equipe tem até 10 dias para recorrer à decisão do Conar

Apesar de ter um prazo de até 10 dias para recorrer da decisão do Conar, o representante do órgão informa que não houve nenhum contato para levar o comercial de novo à rede nacional .

Leia também: Desvendando Larissa Manoela: artista, mulher e máquina de fazer dinheiro

Até o momento nem  Larissa Manoela nem sua equipe se posicionaram sobre o assunto. Além da publicidade, a atriz está no ar atualmente com "As Aventuras de Poliana", no SBT.