Tamanho do texto

A intenção da polícia é provar que o acusado de invadir, perseguir e tentar ter relações sexuais com Rihanna tinha uma obsessão pela cantora

Invadir casas de famosos parece um hobby comum entre os norte-americanos. Segundo o TMZ , nesta quinta-feira (28) a polícia de Los Angeles, no Estados Unidos, divulgou que está fiscalizando o acusado de perseguir e invadir a casa da cantora Rihanna de um jeito pouco convencional.

Leia também: "Não temos uma amizade agora", diz Rihanna sobre o seu relacionamento com Drake

Perseguidor de Rihanna está preso sob fiança atualmente, mas polícia de Los Angeles acha necessário avaliar as redes sociais do criminoso para continuar a investigação
Reprodução
Perseguidor de Rihanna está preso sob fiança atualmente, mas polícia de Los Angeles acha necessário avaliar as redes sociais do criminoso para continuar a investigação

De acordo com novos documentos divulgados ao veículo, um mandado foi emitido para que policiais possam obter acesso às contas de redes sociais de Eduardo Leon, acusado de invadir a casa da cantora Rihanna , como parte da investigação de seu caso de perseguição.

 Leia também: Internautas se chocam ao descobrirem o real nome de Rihanna

 Segundo o documento os policiais entenderam como tudo aconteceu:“finalmente entendemos a história ... Leon invadiu a casa de Rihanna, em Los Angeles, no mês passado e passou uma noite inteira de guarda, apenas esperando que ela voltasse para casa”, descreve um documento.

Ainda de acordo com documento divulgado ao tablóide  TMZ , o criminoso teria dito aos policiais que seu plano era fazer sexo com a cantora pop, mas sem usar da força para que isso acontecesse.

O histórico de Leon, o stalker de Rihanna

Rihanna fala sobre o seu atual relacionamento com o rapper Drake em entrevista a revista Vogue
Mert Alas and Marcus Piggott/Vogue
Rihanna fala sobre o seu atual relacionamento com o rapper Drake em entrevista a revista Vogue

Leon já havia sido preso poucos dias antes por supostamente invadir a casa antiga de Rihanna, acreditando que ela ainda vivia na residência. Segundo os documentos obtidos pelo TMZ , os policiais acreditam que ter acesso a sua mídia social irá provar que ele estava totalmente obcecado pela cantora Rihanna e fez repetidos esforços para localizá-la.

Leia também: Luiza Brunet, Rihanna e as famosas que já foram vítimas de violência doméstica

Obter senhas do criminoso é uma maneira de continuar a investigação, pois, até então os policiais sentiam-se de mãos atadas:“Disseram-nos que a audiência de Leon na justiça, por sua perseguição e invasão, está suspensa até que um juiz determine que ele está mentalmente apto para ser julgado”. Atualmente, o perseguidor de Rihanna continua preso sob fiança.

    Leia tudo sobre: Rihanna

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.