Tamanho do texto

Sucesso no cenário musical carioca nos anos 2000, o que estão fazendo atualmente as representantes da sensualidade brasileira; leia e confira

Lembra das Mulheres Frutas? O fenômeno surgiu na primeira década do século XXI, quando uma série de dançarinas de funk carioca começaram a ganhar destaque no cenário musical por seus atributos físicos.

Leia também: Mulher Kiwi exibe bumbum em ensaio e dispara: "me alimento por obrigação”

Sucesso nos anos 2000, saiba por onde andam as Mulheres Frutas
Montagem / Divulgação
Sucesso nos anos 2000, saiba por onde andam as Mulheres Frutas

O Sucesso das ditas Mulheres Frutas dominou a mídia nacional. Elas fizeram participações no Carnaval no Rio de Janeiro, foram citadas na Academia Brasileira de Letras e influenciaram em produções nacionais. Exemplo disto são atrações como “Pânico na TV”, “Legendários” e “TV Fama”.

Leia também: Mulher Melão desafia censura nas redes sociais: "Diga ao povo que eu fico!"

Mas afinal, após 10 anos do grande “boom” das Mulheres Frutas, onde se encontram e o que estão fazendo as eternas representantes da sensualidade brasileira?

Mulher Melancia

Por onde andam as Mulheres Frutas - Mulher Melancia
Reprodução Instagram
Por onde andam as Mulheres Frutas - Mulher Melancia

Andressa Soares, mais conhecida como Mulher Melancia, foi a primeira dançarina a receber o título de Mulher-Fruta, que rapidamente se popularizou e virou referência entre as dançarinas de funk no Rio de Janeiro. Na época, Andressa era dançarina do cantor Mc Créu .

A fruta (Melancia) para apelidar Andressa foi escolhida para fazer alusão ao tamanho de seu bumbum, que tem medidas fartas.

Atualmente vivendo na Espanha com seu noivo, o jogador Michel Macedo, a primeira Mulher-Fruta vive uma fase mais pacata de sua vida. Com shows agendados no Brasil, Andressa já alegou em entrevista que visa sua aposentadoria dos palcos em um futuro breve.

Mulher Moranguinho

Fotos das Mulheres Frutas - Mulher Moranguinho
Divulgação
Fotos das Mulheres Frutas - Mulher Moranguinho

Ellen Cardoso, também conhecida como Mulher Moranguinho, substituiu Andressa Soares, a Mulher Melancia, após sua saída do grupo de MC Créu.

A fruta escolhida para defini-la também vem do tamanho de seu bumbum, que apesar de ser menor, ostentava muita sensualidade enquanto dançava.

Conhecida no meio artístico, após romper contrato com MC Créu, ela fez strip-tease no programa “O Melhor do Brasil” e também dançou no grupo de pagode Swing Baratinha.

O sucesso foi tanto que em 2009 ela posou totalmente nua para a revista Sexy . No mesmo mês, ela foi eleita Rainha de Bateria da escola de samba Paraíso do Tuiuti.

Em 2013, a Mulher Moranguinho casou-se com o cantor pop Naldo Benny, que em 2017 viria a denunciar por inúmeros episódios de violência doméstica.

Há algum tempo, a Mulher-Fruta, já aposentada, divulgou um vídeo na internet explicando para seus seguidores os motivos de ter mantido seu relacionamento com Naldo, mesmo após denunciá-lo.

Mulher Jaca

Mulheres Frutas - Mulher Jaca
Divulgação
Mulheres Frutas - Mulher Jaca

Dayane Cristina, a conhecida Mulher Jaca, também ganhou fama após tornar-se dançarina do MC Créu, sucesso do funk carioca nos anos 2000.

Batizada como Mulher Jaca devido seus seios, coxas, e bumbum fartos, Dayane não realiza mais shows. Atualmente, a musa vive em Miami com seu marido e administra sua fábrica de jeans radicada no Brasil.

Apesar de nunca ter abandonado o título, a Mulher Jaca já afirmou que o pseudônimo não existe mais. Segundo a mesma, ficou “apenas na memória”.

Mulher Cereja

Fotos das Mulheres Frutas - Mulher Cereja
Divulgação
Fotos das Mulheres Frutas - Mulher Cereja

Completando a “salada mista”, a Mulher Cereja foi uma das últimas dançarinas lançadas pelo funkeiro MC Créu, intérprete da canção Dança do Créu.

Fabiana Stella foi nomeada a Mulher Cereja, pois, na época tinha seios grandes e ostentava bronzeado exagerado.

Leal, Fabiana foi por anos a fio dançarina do funkeiro carioca. Determinada, na época, a morena largou o emprego em um banco para dançar nos bailes.

Diferente de suas colegas, Cereja nunca investiu na carreira da sensualidade. Atualmente, seu ofício é desconhecido, mas nas redes sociais  ela ainda possui muitos fãs.

Mulher Melão

Saiba por onde andam as Mulheres Frutas - Mulher Melão
Divulgação / Instagram
Saiba por onde andam as Mulheres Frutas - Mulher Melão

Já Renata Frisson surgiu no cenário funk logo após o carnaval de 2008, quando saiu como sereia em um carro alegórico da Vila Isabel. Na mesma época, a sex symbol emplacou o hit Você Quer , que dominou os bailes cariocas nos anos 2000.

A fruta Melão foi escolhida para Renata Frisson, pois, a loira sempre ostentou seios grandes e firmes.

Ainda no mainstream, ano passado a loira assinou um contrato com a KondZilla. Na intenção de reformular sua imagem, ela deixou de posar sensual em suas redes sociais. No entanto, o hiato durou apenas seis meses.  

Com uma nova música intitulada Novinho de 23 , a musa ainda promete mais um single para este ano.

Mulher Maçã

Saiba por onde andam as Mulheres Frutas - Mulher Maçã
Divulgação
Saiba por onde andam as Mulheres Frutas - Mulher Maçã

Gracy Kelly, também conhecida como Mulher Maçã, recebeu o título graças ao funk Maçã, o Fruto Proibido , gravado por ela.

Porém, antes de seguir carreira solo, a musa dançou para alguns dos maiores Mc’s do funk carioca, como MC Leozinho, MC Serginho e o grupo Movimento Funk Clube.

Aposentada do cargo, a ex-funkeira mudou de vida e de país. Há algum tempo, ela foi morar nos Estados Unidos para estudar. Segundo a mesma: “Era hora de buscar conhecimento e precisava ter fluência em inglês para novas oportunidades”.

Atualmente formada em ciências contábeis, Gracy Kelly renega o título conquistado em solo brasileiro. Com base no argumento: “Sofremos muito preconceito”, a eterna Mulher Maçã divide seu tempo entre a academia e os estudos.  

Mulher Pêra

Por onde andam as Mulheres Frutas - Mulher Pêra
Reprodução Instagram
Por onde andam as Mulheres Frutas - Mulher Pêra

Batizada como Suellen Aline Mendes, a musa é detentora do título de Mulher Pêra. Ao contrário de muitas Mulheres Frutas, ela já iniciou sua carreira artística sozinha.

A ideia do título de Mulher Pêra veio a partir das curvas de Suellen, que são mais avantajadas em baixo e mais enxutas em cima. 

Seu primeiro CD continha músicas repletas de ambiguidade e muita sensualidade. Seus maiores sucessos foram Martela, Eu Deixo o Paulo Entrar e Kebradeira Pura .

Em 2010, determinada a mudar o mundo, ela se candidatou ao cargo de deputada federal pelo estado de São Paulo, mas obteve apenas 3.136 votos, considerados insuficientes para conquistar uma vaga na Câmara Federal.

Persistente, em 2012, ela se candidatou à vereadora na cidade de São Paulo, pelo PT do B. Com 2.126 votos, não conseguiu ser eleita.

Sempre em forma, em 2013, ela chegou a apresentar o programa infantil "A Fadinha do Brasil", na RedeTV!.

Atualmente casada com o empresário e diretor de teatro Jamil Cury, seu último trabalho profissional foi lançado em 2016. Intitulada Trá Meu Bem , a música não chegou a ter clipe e possui apenas 2 Mil views no Youtube.

Mulher Kiwi

Fotos das Mulheres Frutas - Mulheres Kiwi
Divulgação
Fotos das Mulheres Frutas - Mulheres Kiwi

Wanessa Angell chamou muita atenção pela beleza, elegância e também pelo currículo multifacetado. Além de professora de língua portuguesa, doutora na área educacional, musa fitness e nutricionista, a beldade de Nova Iguaçu, recebeu o título de Mulher Kiwi.

A beldade foi nomeada Mulher Kiwi pelos tablóides após ostentar suas curvas “peludinhas" com orgulho. Diferente das outras que vieram do seguimento do funk carioca, a Mulher Kiwi é uma das poucas que nunca cantou ou dançou.

Atualmente, Wanessa Angell continua ostentando o título com muita sensualidade, mas apenas se destaca em ensaios sensuais.

O Moviemento Não Morreu

Leia também: Wanessa Angell, a Mulher Kiwi aparece de lingerie em Motel

Apesar das  Mulheres Frutas não ostentarem o sucesso na mídia  de outrora, um novo movimento vem chamando atenção no cenário do funk. Provas disto, são a Mulher-Filé e a Mulher X-Tudão, que fogem do hortifrúti e vão bem além. 

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.