Tamanho do texto

Juíza entendeu que luta corporal entre réu e vítima, além de circunstâncias de extrema tensão colaboraram para que réu não tivesse controle da situação e decidiu que Gustavo Correa não será submetido a júri popular

Nesta terça-feira (2), a juíza do 2º Tribunal do Júri de Belo Horizonte absolveu Gustavo Henrique Bello Correa , cunhado da apresentadora Ana Hickmann, da acusação de homicídio doloso de  Rodrigo Augusto de Pádua , em um hotel da capital mineira em maio de 2016.

Leia também: Chris Flores comenta polêmica com Ana Hickmann sem citar o nome da apresentadora

Muito mais que beleza. Elas cresceram no mundo artístico e se lançaram no como apresentadoras de televisão
Reprodução / Instagram
Muito mais que beleza. Elas cresceram no mundo artístico e se lançaram no como apresentadoras de televisão

Segundo informações do portal O Tempo , a juíza considerou que Correa, cunhado de Ana Hickmann , agiu em legítima defesa. Com a decisão, Gustavo Henrique Bello Correa não irá a júri popular. Em sua argumentação, a magistrada analisou se houve dolo por parte do acusado, se o réu agiu em legítima defesa e se houve ou não excesso por parte do acusado na situação.

Leia também: Empreendedora, Ana Hickmann vê "mercado ainda muito machista"

Durante a sessão, ela citou o relato dos envolvidos na situação e destacou a existência de uma gravação de áudio, feita por celular, dos acontecimentos dentro do quarto do hotel:"Ficou demonstrado, durante a instrução do feito, que os disparos efetuados pelo réu foram sequenciais, e não efetuados da forma como narrado na denúncia, que dizia que isso ocorreu com a vítima já desfalecida no solo, impossibilitada de oferecer qualquer resistência”, afirmou a juíza.

O Caso Ana Hickmann

Suposto fã de Ana Hickmann, que foi morto pelo cunhado da modelo após invadir o quarto da celeb armado, mantinha perfil no Instagram dedicado a artista
Reprodução Instagram
Suposto fã de Ana Hickmann, que foi morto pelo cunhado da modelo após invadir o quarto da celeb armado, mantinha perfil no Instagram dedicado a artista

 Para quem não se lembra, em 2016, o cunhado de Ana Hickmann foi denunciado pelo Ministério Público de Minas Gerais por matar o suposto fã de Ana Hickmann que invadiu o quarto da apresentadora armado, em Belo Horizonte. As reais intenções do morto nunca foram reveladas, mas o caso repercutiu muito na mídia nacional.

Leia também: Ana Hickmann fala sobre audiência do cunhado: "Injustiça"

No Instagram do invasor, todos os posts eram relacionados à apresentadora, que o fã dizia amar. O delegado de Homicídios, Flávio Grossi, disse que a família de Rodrigo Augusto de Pádua sabia do fascínio do pela modelo. Até então, Ana Hickmann não se posicionou sobre o assunto.

    Leia tudo sobre: Instagram