Tamanho do texto

Ator foi visto de cadeira de rodas no enterro da mãe. De acordo com Jornal Extra, quadro se agravou depois da morte de Tônia Carrero

O ator Cecil Thiré, que está afastado das novelas desde 2014, foi diagnosticado com Mal de Parkinson. A doença o acomete há tempos, mas só foi levada a público depois da morte de sua mãe, a também atriz Tônia Carrero . Com 74 anos, ele foi visto em uma cadeira de rodas durante a cerimônia de cremação de Carrero na última segunda-feira (05) e, de acordo com o Jornal Extra , teve seu quadro de saúde agravado pela fatalidade.

Leia também: Atriz Tônia Carrero morre aos 95 anos, no Rio

Cecil Thiré ao lado de malu Mader em cena da novela
Divulgação/Canal Viva
Cecil Thiré ao lado de malu Mader em cena da novela "Top Model", de 1989. Ator sofre de Mal de Parkinson

O jornal ainda falou com o sobrinho de Cecil Thiré , Leonardo Thierry, que afirmou que ele perdeu a capacidade de andar e em certas horas do dia fala muito mal. De acordo com ele, é comum que pacientes com Parkinson sofram mais em situações de stress.

Leia também: Celebridades lamentam morte de Tônia Carrero nas redes sociais

Cecil Thiré foi um vilão gay na novela
Divulgação/TV Globo
Cecil Thiré foi um vilão gay na novela "Roda de Fogo" exibida em 1986 na Globo

Cecil é tratado pelo mesmo médico que cuidou de sua mãe, que faleceu no sábado (03), de parada cardíaca. Com 95 anos, ela passava por um procedimento cirúrgico, depois de ser internada na sexta-feira anterior (02). Ela foi velada no domingo (04), no Rio de Janeiro, antes de ser cremada. Com uma extensa carreira, ela recebeu diversas homenagens de famosos como Leandra Leal, Fernanda Paes Leme, Zeca Camargo e Fabiana Karla.

Cecil na TV

Cecil Thiré também tem uma longa carreira na Rede Globo. O ator já participou de novelas como “Roda de Fogo”, onde interpretava um vilão gay, além de “Top Model”, “A Próxima Vítima”, “Os Maias”, “A Padroeira”, “Zazá”, “Pedra sobre Pedra” e “Celebridades”, que está sendo reprisada na “Sessão da tarde”. Em 2005, depois de fazer "Zorra Total", Cecil fechou seu vínculo com a Rede Globo. Depois disso, ele foi para Record, onde fez quatro novelas: "Cidadão Brasileiro", "Vidas opostas", "Poder paralelo" e a a última delas "Máscara", em 2014, quando deu vida a  Eduardo Sotero.

Leia também: Sumidos! Veja atores que desapareceram da Rede Globo

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.