Tamanho do texto

Segundo publicação nas redes sociais de familiares, o enterro acontecerá na próxima quarta-feira (24) no cemitério São João Batista no Rio de Janeiro

Morreu neste domingo (21)  no Rio de Janeiro a atriz Desireé Vignolli , conhecida por sua participação nas novelas da Globo “Que Rei Sou Eu?” (1989), “Mico Preto” (1990) e a da Record , “Vidas Cruzadas” (2000), onde fez a sua última aparição na televisão. A sua morte foi confirmada por meio das redes sociais da atriz e diversos familiares lamentaram sua partida.

A atriz Desireé Vignoli morreu aos 52 anos no Rio de Janeiro
Reprodução/Facebook
A atriz Desireé Vignoli morreu aos 52 anos no Rio de Janeiro

Leia também: Morre Dolores O'Riordan, vocalista da banda irlandesa The Cranberries

Segundo as informações publicadas na rede, a atriz Desireé Vignoli foi “vítima de farto fulminante” e seu enterro acontecerá na próxima quarta-feira (24) no cemitério São João Batista. A atriz gaúcha Suzana Saldanha (“Nosso Lar”, “Separações”) foi uma das que lamentaram a morte da colega. “Vá com muita paz, luz”, escreveu nos comentários da publicação. “Saudades eternas. Amada amiga. Com certeza lembraremos dela com muito carinho”, completou a artista.

Leia também: Morre no Rio de Janeiro, aos 91 anos, escritor e jornalista Carlos Heitor Cony

Trajetória

Desireé Vignoli nasceu em Nova York em 1965 e começou sua carreira na televisão brasileira em 1981 com a novela “Jogo da Vida”, na Rede Globo, em que interpretava Leninha, uma moradora inquieta de um cortiço de São Paulo. Lá, ela contracenou com Luís Gustavo, quem viria a ser mais tarde, o seu marido. Dois anos depois, a atriz estrelou em outra telenovela da emissora, “Louco de Amor”, interpretando Maria Luíza em um papel não tão destacado. Mas sua fama veio mesmo com “Que Rei Sou Eu?” em 1989, em qual ela dava vida à personagem Denise em uma trama que era ambientada no século XVIII, anos antes da Revolução Francesa.

Leia também: Scarlett Johansson critica James Franco na Marcha das Mulheres nos EUA

No ano seguinte, “Mico Preto”, Vignoli voltou para as telinhas para interpretar Lucilene. A atriz ainda passou por outras novelas como a minissérie da extinta Rede Manchete “Ilha das Bruxas”, em 1991, a telenovela “Corpo e Alma” em 1992, “O Mapa da Mina”, em 1993 e encerrou suas atividades na Record, em 2000. A atriz ainda participou do filme “Urubus e Papagaios” em 1985 e, nos palcos, fez parte do elenco de “Baixa Sociedade” com Luis Gustavo e Cassio Gabus Mendes e “Sambarilove e as Mulheres” com David Pinheiro em 1992.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.