Tamanho do texto

Prestes a assumir candidatura à presidência da República, Luciano Huck já atuou em filmes e em séries; relembre momentos de sua carreira como ator

Há 17 anos a frente do " Caldeirão do Huck ", Luciano Huck já revelou seus planos para o futuro: depois de se consagrar como um dos apresentadores mais populares do Brasil, o marido de Angélica está prestes a assumir uma candidatura à presidência do País - que promete testar, de uma vez por todas, a popularidade do apresentador.

Leia também: Luciano Huck fala sobre seu papel na política e possível candidatura

Luciano Huck não nega candidatura política, mas também não afirma nada
Divulgação
Luciano Huck não nega candidatura política, mas também não afirma nada

Há quem arrisque que a experiência de Luciano Huck como ator - para quem não se lembra, ele já atuou em filmes e em minisséries da Rede Globo - poderá ajudá-lo em sua carreira política, caso venha a ser eleito o grande chefe do país. Isso porque ocupar tal cargo não é uma tarefa tão simples: é necessário ter, além de muito jogo de cintura, um pé nas artes de interpretação, a fim de manter uma postura calma e controlada diante de situações adversas.

Leia também: Luciano Huck ou Roberto Justus? Qual seria a melhor candidatura à presidência?

O apresentador já atuou em produções do cinema brasileiro, como "Um Show de Verão" (2004) - longa em que contracenou com sua esposa, a também apresentadora Angélica - e "Xuxa e os Duendes" (2001). Além disso, fez a dublagem de "Enrolados" (2010), e participou de um episódio da série "As Cariocas" (2010), da Rede Globo. Nela, ele também contracenou com a esposa e interpretou um marido infiel. Relembre essas atuações:

"Quebrando o Tabu" (2011)

Reprodução
"Quebrando o Tabu"

O filme propõe um debate sério e complexo, com informações relevantes sobre o consumo de drogas no Brasil. Além de Luciano Huck, há nomes como  Fernando Henrique Cardoso, Bill Clinton, Jimmy Carter, Drauzio Varella e Paulo Coelho na produção brasileira.

"As Cariocas" (2010)

Reprodução
"As Cariocas"

No episódio "A Traída da Barra", o apresentador contracenou com sua atual esposa, a também apresentadora Angélica. Na trama, eles representavam um casal de classe média alta, que viviam na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. A vida do casal virava de ponta-cabeça quando ela descobria a infidelidade do marido.

"Enrolados" (2010)

Reprodução
"Enrolados"

Luciano Huck dubla, na versão brasileira, o personagem Flynn Rider, um ladrão que se esconde em uma torre e acaba sendo pego e se tornando o prisioneiro de Rapunzel, a residente da torre. Trancada há 21 anos, a dona de mágicos cabelos dourados com impressionantes 21 metros de comprimento encanta o rapaz, que acaba descobrindo seu amor na jovem - que só busca a liberdade.

"Um Show de Verão" (2004)

Reprodução
"Um Show de Verão"

Mais uma produção em que ele esteve ao lado de sua esposa, e como seu par romântico. No longa, ele vive Fred, um jovem rico e arrogante, que contrata um amigo produtor para transformar Andrea, sua namorada pobre, , vivida por Angélica, em uma famosa cantora - a fim de que ela pertença a seu mundo e ele possa apresentá-la a sua família.

"Xuxa e os Duendes" (2001)

Reprodução
"Xuxa e os Duendes"

Um clássico da "Sessão da Tarde", traz Xuxa como Kira, uma jovem botânica com poderes mágicos de origem desconhecida. Huck vive Tomate, um jovem duende bastante atrapalhado, mas dono de um coração bom e que só quer ajudar.

"Xuxa Requebra" (1999)

Reprodução
"Xuxa Requebra"

Luciano Huck também esteve em "Xuxa Requebra", como ele mesmo, apresentando um programa fictício intitulado "Requebra 2000". Na trama, a jovem monta um grupo de dança com seus amigos a fim de impedir que o tráfico de drogas ocupe a escola em que estuda.

Leia também: Suposta fatura do cartão de Luciano Huck vaza e internet fica chocada com valor

Outros casos

Ronald Reagan e Arnold Schwarzenegger
Reprodução
Ronald Reagan e Arnold Schwarzenegger

Se  confirmar sua candidatura ao cargo de Presidente da República, em 2018, apresentador Luciano Huck não será o único a trocar as telinhas (e as telonas) pelas urnas e pelos gabinetes oficiais. Os norte-americanos têm dois grandes exemplos de personalidades que fizeram a mesma coisa. Ronald Reagan, por exemplo, esteve em uma série de produções cinematográficas antes de se lançar como candidato a governador da Califórnia e, mais tarde, tornou-se o 40º Presidente dos Estados Undios. Nessa lista, há também o ator Arnold Schwarzenegger, que serviu como o 38º Governador da Califórnia. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas