Tamanho do texto

Depois de atuar no primeiro longa brasileiro inteiramente produzido pela Netflix, a atriz falou sobre a experiência e do amor pelo mundo artístico

Depois de brilhar no reality show  “Dancing Brasil” e ganhar a competição transmitida pela emissora Record, parece que as portas seguem se abrindo em números cada vez maiores para atriz Maytê Piragibe. A prova disso é o fato da morena ser uma entre tantas figuras de peso no elenco do filme “O Matador”, primeiro longa brasileiro produzido exclusivamente pela Netflix.

Leia também: “Ninguém têm o direito de falar da vida do outro”, diz Maytê Piragibe sobre Xuxa

Maytê Piragibe tem 33 anos e foi a ganhadora da primeira temporada do
Jeff Porto
Maytê Piragibe tem 33 anos e foi a ganhadora da primeira temporada do "Dancing Brasil"

Sobre o mais recente lançamento nacional (ou seja, completamente brasileiro) da provedora global de filmes, Maytê Piragibe vibrou na conversa com o iG Gente. “É uma felicidade muito grande estrear e inaugurar esse novo mercado de streaming no Brasil com o primeiro longa brasileiro patrocinado pela Netflix. Que venham muitos!”, projeta a atriz. “É uma nova janela de oportunidade de trabalho pra mais pessoas terem um novo veículo, que é esse mercado que tá sendo proporcionando pra que possamos assistir conteúdo de qualidade e a qualquer hora”, complementa.

Leia também: Ex-Globo, Maytê Piragibe desabafa: "Sofro bullying porque sou da Record"

Após a participação no filme, Maytê, que sempre trabalhou muito mais na televisão do que em qualquer outra área da arte, também contou ao iG Gente que para o cinema, o teatro e a TV os esforços são diferentes. “Já atuei em TV e teatro, e é muito diferente, assim como o cinema. Cada um tem suas particularidades. No teatro, seu corpo tem que estar muito ativo, sua voz muito preparada”, explica. “Na televisão, por exemplo, tem que ter uma memória muito boa porque a quantidade de texto é enorme. É um estudo diário. No cinema, tem uma particularidade muito maravilhosa que faz dele um processo muito intenso a cada projeto”.

Quem é Maytê Piragibe

Maytê reconhece sem nenhuma dificuldade que o mundo das telonas é cheio de novidades para ela, que veio das telinhas. Porém, na estrada da arte, a caminhada da jovem  atriz de 33 anos já vem sendo trilhada há muito tempo. Segundo ela, toda essa história de amor com as câmeras e telinhas começou bem cedo e desenrolou de uma maneira muito natural. “Como eu comecei a trabalhar com 4 anos com publicidade, tudo aconteceu naturalmente. Depois, fui estudar teatro com 13 anos. Aí, com 17, tive minha primeira carteira assinada por trabalhar com televisão e não parei até agora”, conta.

Maytê Piragibe começou a carreira na publicidade e não demorou muito para decolar para os papéis nas novelas da TV; A emissora Globo já teve a artista como contratada e, atualmente, Maytê trabalha para a Record
Reprodução/Maytepiragibe.com
Maytê Piragibe começou a carreira na publicidade e não demorou muito para decolar para os papéis nas novelas da TV; A emissora Globo já teve a artista como contratada e, atualmente, Maytê trabalha para a Record

Mesmo com o grande sucesso na carreira, uma das principais características de Maytê Piragibe é dar muito valor as coisas com amor e humildade, fatores indispensáveis para que ela realize todas as coisas de sua vida e lembretes necessários para que ninguém esqueça que ela é gente como a gente.

Falando um pouco mais sobre si mesma, Maytê contou ao iG Gente que é sargitariana e acredita piamente nos estudos astrológicos que, inclusive, pretende conhecer ainda mais a respeito. “Super acredito em signos. Faço mapa astral uma vez por ano e sou muito intuitiva nesse lugar de pesquisa... De como tá a evolução da lua e do mapa astral diário que a gente pode utilizar a nosso favor”, conta. Empolgada, a atriz ainda revelou que astrologia faz parte da sua vida até por meio das redes sociais. “Sigo vários perfis de astrologia no Instagram. Sou mega ligada. Adoro!”, vibra a atriz.

Além de ser antenada em previsões astrológicas, a morena também é flexível com relação a música. Ao falar mais sobre seus gostos durante a entrevista, a atriz, inclusive, revelou que o aplicativo Spotify é o responsável por deixar suas playlists cada vez mais diversas. “Sou completamente apaixonada por música e eu super indico o aplicativo Spotify, que me reconectou com o universo musical. É incrível. Eu gosto muito da possibilidade que tem ali de descobrir novos músicos e, por isso, fico muito na vertente de busca de novos músicas”, revela.

Maytê Piragibe
Jeff Porto
Maytê Piragibe

Porém, ainda que Maytê Piragibe se coloque como uma pessoa eclética, existem os ritmos musicais que não se enquadram tanto nos moldes do que a atriz curte. “Eu escuto de tudo. O que eu realmente não ouço é o rock metalizado e o sertanejo, os únicos ritmos que não fazem parte do meu universo”, argumenta.

Na vida da atriz, que já passou por novelas como “O Beijo do Vampiro” (2002), “Os Mutantes” (2008) e “A Terra Prometida” (2016), o olhar simpático e compreensivo para todas as coisas a faz ter uma impressão bem maleável da vida. Nessa lógica, entra também o fator da religião. “Minha religião é o amor, é inclusão. Então, sou ecumênica, o que me faz ser completamente agregadora de várias vertentes, sem ficar presa a um dogma ou a uma verdade. Faço uma compilação do que me traz fé, a renova e que me apazigua de certa forma”, revela.

Ainda que Maytê afirme com certeza que o amor é sua religião, não é só nessa instância da vida da atriz que esse sentimento tem participação, ainda que ela esteja solteira. Segundo as crenças da morena, é possível canalizar uma energia tão poderosa em si mesmo antes de projetar para os outros. “Estou solteira, solteiríssima, com o coração preenchido pelo meu trabalho. Acredito muito no amor, sou movida por ele, que não precisa necessariamente estar ligado só a um relacionamento convencional entre namorados, marido e mulher”, opina. “Acredito que o amor pode ser transformado, também, em amor próprio, né? Quando você tá solteira e em busca de autoreconhecimento, autovalorização e autoestima”, complementa.

Para a atriz ganhadora da primeira temporada do
Divulgação/Jeff Porto
Para a atriz ganhadora da primeira temporada do "Dancing Brasil", da Record,, o amor é o maior responsável por conduz todas as coisas da vida

Um amor para toda a vida

Falar sobre amor com Maytê Piragibe não faltou na conversa com o iG Gente. Como já dito antes, é nesse sentimento que as coisas da vida da atriz se baseiam e a base na qual, inclusive, se sustentam as relações dela com a própria carreira. “Eu amo arte, né? Então tô sempre no teatro prestigiando amigos, buscando peças interessantes pra assistir, filmes... Leio muito, adoro literatura, adoro artes plásticas”, conta. “Sempre que tem uma exposição interessante, eu vou também. Meu universo gira em torno da busca pela arte. Meu preenchimento, meu tempo é arte e é essa minha válvula de escape também pra ter bagagem e inspiração pra exercer a minha própria”, termina.

Depois de ser questionada sobre qual seria sua maior realização, Maytê também relacionou o sonho com o universo artístico. “Acho que o grande sonho mesmo é ter cada vez mais oportunidades de exercer meu trabalho, poder ter a oportunidade de colaborar com diretores e produtos, projetos que sempre possam agregar na minha vida artística”, responde. Para Maytê, mesmo que seu caminho profissional não fosse trilhado na TV e no teatro, além do cinema, seria inevitável escapar de uma paixão tão grande por esse mundo.

Xuxa e o “Dancing Brasil”

Entre os grandes feitos que marcaram a carreira de Maytê Piragibe, com certeza está a vitória do reality show “Dancing Brasil”, que foi ao ar pela primeira vez na Rede Record entre abril e julho de 2017 e agora já está na segunda temporada, para a felicidade dos telespectadores que não dispensam uma boa competição. Falando sobre a experiência de ter sido a ganhadora da competição, que forma 6 duplas de celebridades com professores de dança para escolher o melhor desempenho nas pistas, a atriz revelou que foi um processo de aprendizado difícil, mas muito rico e surpreendente.

Maytê Piragibe
Jeff Porto
Maytê Piragibe

“Fiquei super surpresa com essa vitória. Cada paredão que eu passava e continuava era muita superação. Foi muito sofrimento, a dança dói muito, me machuquei, fiquei abaixo do meu peso, tive problemas de saúde durante o processo porque você vira atleta do dia pra noite. É um alto nível de exigência”, lembra Maytê.

Ainda no mesmo assunto, a morena de 33 anos falou ao iG Gente sobre os comentários que surgiram depois da entrevista dada por ela, Xuxa e seu par na primeira temporada do reality ao “Programa do Porchat”. Durante o bate-papo com o apresentador, Xuxa insinuou que Maytê estaria tendo um affair com o professor de dança, o que foi desmentido pela atriz ao vivo e fez parecer que um climão tomou conta da entrevista.

Relembrando o fato, Maytê Piragibe afirmou com convicção de que não há (e nem nunca houve) nenhuma rusga entre ela e  a rainha dos baixinhos. “Tudo certo com a Xuxa, eu sou fã dela. Cresci ouvindo os vinis e realizei meu sonho de ser paquita dela no Dancing dançando “Lua de Cristal”. Ela me tratou sempre com muito carinho, até porque eu conheço a Xuxa desde a época em que eu apresentava TV Globinho. A gente dividia as manhãs matinais”, relata a atriz.