Fora do “ BBB 20 ” desde a última terça-feira (14), Gizelly Bicalho ainda está se habitando a vida fora da casa mais vigiada do país. Em entrevista ao jornal Extra , a ex-sister contou que está sem dormir há três dias e ainda está digerindo todas as informações que está recebendo – incluindo as acusações de assédio sexual que o seu affair no reality, Felipe Prior , está recebendo.

Leia também: "BBB 20": Quarta mulher acusa Felipe Prior de estupro

Gizelly, Prior arrow-options
Reprodução/Globo
Gizelly quer a a justiça seja feito no caso das acusações contra Prior


Leia também: Felipe Prior diz que não foi intimado a depor sobre acusações de estupro

Gizelly , ou Gigi Furação, como também é conhecida aqui fora, resolveu quebrar o silêncio: “Quando a gente sai, certas coisas são faladas, como essa história do Felipe. Eu não li nada ainda, mas é uma coisa gravíssima. Vai ser um choque para todo mundo que sair. Saber que ele está sendo investigado... Ele estava lá do meu lado o tempo todo. E eu pregava um monte de coisa lá dentro”, comentou.

A ex-BBB deixou claro que não tem curiosidade sobre mais detalhes do caso: “Deixa a investigação seguir seu curso e que seja feita a justiça”. Gizelly também comentou que está espantada com o carinho que tem recebido fora da casa e que temia que sua participação do reality influenciasse na sua carreira de advogada criminal.

Leia também: "BBB": Mari revela sonho erótico e Ivy dispara: "Vai envergar esse homem"

“O presidente da Abacrim (Associação de advogados criminalistas) do Espírito Santo, Homero Mafra, mandou mensagem dizendo que estava torcendo por mim e que o cargo como presidente da Comissão da Jovem Advocacia da Abracrim ainda era meu. E fiquei sabendo que o Encontro Brasileiro da Abracrim, que recebe os maiores advogados criminalistas do país, e que será em Belém do Pará, quer me homenagear. Estou flutuando”, declarou Gizelly .

    Veja Também

      Mostrar mais