Assim que Petrix Barbosa foi indicado por Pyong para o paredão, o público já havia anunciado que entraria numa batalha para tentar eliminar o ginasta do “BBB 20”, devido seu comportamento com as mulheres do reality, da Globo. Um dia antes de ser eliminado, o participante recebeu uma intimação da Delegacia de Atendimento à Mulher (DEAM) para prestar seu depoimento nesta sexta-feira (7) sobre os casos de assédio que está sendo acusado.

Leia também: Petrix é acusado de xenofobia: "Japonês que rebola o rabo"

Petrix arrow-options
Reprodução/Globo
Petrix


A revolta do público contra Petrix começou logo quando ele apertou os seios da blogueira Bianca Andrade, dona do canal Boca Rosa, enquanto ela estava alcoolizada na primeira festa do “ BBB 20 ”. As queixas se intensificaram nas redes sociais quando o ginasta passou suas partes íntimas na cabeça da cantora Flayslane na semana passada, a partir daí a hashtag #PetrixExpulso e #ForaPetrix dominaram os Trending Topics do Twitter.

Depois de ver a repercussão que o assunto tomou na web, a Rede Globo chegou a chamar o ginasta no confessionário para alertá-lo sobre a sua conduta. Mas, a ação da emissora não foi vista com bons olhos pelos espectadores que a acusaram de passar pano nas atitudes do ginasta. 

Petrix foi acusado de assédio depois de tocar nos seios de Bianca Andrade durante a festa arrow-options
Reprodução/Twitter
Petrix foi acusado de assédio depois de tocar nos seios de Bianca Andrade durante a festa



Embora Petrix tenha recebido uma intimação para prestar depoimento sobre seus atos dentro da casa, a família dele acredita que esteja sendo acusado de um crime que não cometeu. A assessoria do atleta afirmou que as pessoas estão "usando as redes sociais para fomentar o ódio de uma coisa que nem está provada" e que os familiares irão processar famosos e anônimos que proferirem qualquer acusação contra Petrix sem fundamento. “Quem falar agora vai ter que provar”, alertou.

Leia também: Petrix admite que passou por cima de Pyong e público pede expulsão

A namorada dele também havia declarado apoio ao amado desde o início das acusações e veio da Alemanha até o Brasil na última terça-feira (4) prestar seu apoio no paredão.

Joline Heitmann e Petrix arrow-options
Reprodução/Instagram
Joline Heitmann e Petrix


Ele também foi vítima

O fato que mais chamou atenção do público foi que o campeão pan-americano já foi vítima de assédio e, inclusive, foi o primeiro ginasta que denunciou o ex-técnico da seleção brasileira de ginástica artística Fernando Carvalho Lopes, em uma reportagem do Fantástico, em 2016. 

Leia também: "BBB20": Petrix some das redes sociais e Hadson tenta se explicar

Logo depois, outras dezenas de atletas afirmaram que sofriam abusos sexuais desde criança do treinador, que foi eliminado da equipe olímpica no Rio de Janeiro. Até hoje, Lopes nega todas as acusações, mas foi banido do esporte em março de 2019 pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva.

Além do assédio, uma das discussões mais recorrentes do “BBB 20” foram os casos de machismo dos brothers. No último domingo (2), por exemplo, Hadson foi indicado para o paredão, que eliminou Petrix, pela maioria das meninas sob a justificativa que ele tem ações e frases muito machistas.

    Leia tudo sobre: BBB

    Veja Também

      Mostrar mais