O " BBB 20 " virou caso de polícia. A Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (DEAM) Jacarepaguá abriu inquérito para apurar a conduta do ginasta Petrix Barbosa, 27 anos. "De acordo com a Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (DEAM) Jacarepaguá, diante dos fatos veiculados na mídia foi aberto procedimento para apurar os fatos", diz nota da Polícia Civil.

Leia também: Merece expulsão? Petrix revolta novamente ao esfregar partes íntimas em Flay

Petrix no BBB arrow-options
Reprodução/Globo
Petrix está sendo investigado pela Delegacia Especial de Atendimento à Mulher


Leia também: Machismo, homofobia e radiação: homens do “BBB 20” são tóxicos, mas essenciais

Para quem não assiste ao programa ou perdeu essa primeira semana, aqui vai um resumo de Petrix na casa. O atleta já foi flagrado apalpando participante, já disse que as mulheres escolhidas pela produção do reality poderiam ser "mais bonitas" e esfregou as partes baixas dele em uma sister. Fato que lhe rendeu uma advertência por parte da direção do programa, que não foi exibida ao público. Depois, o ginasta se retratou.

Leia também: "Não foi assédio", diz namorada de Petrix sobre polêmica com Boca Rosa no BBB20

Nas redes sociais, os adjetivos direcionados a ele (e alguns outros brothers) vão de "boy lixo", "macho escroto", "macho hétero", "Chernobyl". Nomes como Bruna Marquezine, Fernanda Paes Leme, Felipe Neto e milhares de não famosos fãs do " BBB 20 " são só alguns dos que não aceitam as atitudes machistas exibidas.

    Leia tudo sobre: BBB

    Veja Também

      Mostrar mais