Tamanho do texto

Ao longo dos anos a aposta na vitimização rendeu dividendos diversos no "BBB" e muitos já comentam como tudo se resolveria na 19ª edição do reality

Danrley precisou de poucos dias dentro da casa do “BBB” para ser acusado por participantes de estar se vitimizando. Antes mesmo do programa começar, o público ficou atento a alguns fatos que chamaram a atenção. Por exemplo, o rapaz se apresentou como um rapaz humilde, e de fato ele é, mas rapidamente surgiu uma foto dele com um iPhone para incendiar a internet.

Leia também:  "BBB 19": 1ª leva de participantes tem morador da Rocinha e acusado de machismo

Danrley é acusado de vitimismo no
Reprodução/ Instagram
Danrley é acusado de vitimismo no "BBB"


Quando seu nome foi anunciado para entrar na 19ª edição do “ BBB ”, o carioca, hoje com 19 anos,  disse que quase perdeu a seletiva para entrar no programa porque não tinha wifi na sua casa. O brother é morador da Rocinha, no Rio de Janeiro, foi o primeiro da família a entrar na faculdade e passou a se dedicar aos estudos.

Durante uma conversa com Diego, Carolina, companheira de confinamento do carioca, criticou a postura dele no jogo e chegou a dizer que ele deveria mostrar no jogo mais do que sua história de vida pessoal . O rapaz concordou com a empresária.

Leia também: Emoção! Depois de sete anos separados, ex-BBB Kaysar reencontra sua família

O fato é que sendo vitimismo, ou não, sendo algo proposital, ou não, Danrley não é o primeiro a causar essa impressão dentro da casa do “Big Brother Brasil” e o histórico mostra que isso pode ser um tiro no escuro, afinal, é difícil saber como o público irá interpretar certas atitudes.

Se vitimizar é uma boa estratégia no "BBB"?

Na 18ª edição do
Divulgação | CO Assessoria
Na 18ª edição do "BBB", Kaysar foi acusado de se fazer de vítima


Um exemplo não muito distante é o próprio Kaysar, que participou da 18ª edição do reality show, no ano passado, e foi acusado por muitos telespectadores de se vitimizar dentro da casa.

De fato, a história de vida do sírio é muito triste.  A família do garçom passou por condições de extrema pobreza na Síria, de onde não conseguia sair por conta da guerra civil. Ele também revelou durante o programa que uma namorada sua acabou morrendo na guerra.

Assim como vem acontecendo com Danrley, os telespectadores ficaram com o pé atrás em relação a Kaysar, que acabou se contradizendo e até exagerando um pouco na visão do público. Ele chegou a dizer que não sabia o que era brigadeiro, mas foi visto com uma jaqueta de grife.

O final da história todo mundo já sabe. Kaysar não foi o vencedor do programa, que deu o prêmio para Gleici, mas, de fato, fez com que o sírio chegasse na final do reality show da Globo. Seria bem provável que o rapaz fosse campeão do reality, se não fosse o famoso "ranço" que ele acabou ganhando.

Indo bem mais longe, na primeira edição do “Big Brother Brasil” para sermos mais exatos, temos outro brother que para muitos se vitimizou, mas, no caso, ele se deu bem: Kleber Bambam.

Bambam e
Reprodução
Bambam e "Maria Eugênia" fizeram história no "BBB"


Durante o programa, Bambam criou uma boneca e a chamou de Maria Eugênia. A produção a retirou da casa e, aos prantos, o rapaz entrou no confessionário para pedir o retorno de sua "amiga", sendo responsável por uma das cenas mais marcantes de todas as edições.

Ele, que já era favoritíssimo a vencer o primeiro "Big Brother Brasil", selou sua vitória após a cena triste viralizar. E olha que as redes sociais não tinham a força que têm hoje em dia.

Leia também: "BBB" e seus colírios: os ex-brothers mais gatos de todas as edições

Talvez o real problema seja exatamente as redes sociais, que acabaram dando mais espaço para as pessoas falarem o que elas querem e o que elas pensam, mas se vitimizar dentro da casa do " BBB " hoje em dia definitivamente não é uma boa estratégia.

    Leia tudo sobre: BBB
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.