Tamanho do texto

Depois dos homens dominarem como heróis e vilões, mulheres se destacam nas últimas edições e assumem protagonismo do reality

Por muitos anos foram os homens que dominaram o “BBB”. Desde a primeira edição, onde Kléber Bambam saiu vitorioso, o protagonismo masculino se sobressaiu, seja entre os vitoriosos ou vilões.

Mulheres protagonizam edição do
Divulgação
Mulheres protagonizam edição do "BBB" e mostram que viraram o jogo no reality

Somente na quarta edição do “ BBB ” uma mulher foi campeã, Cida. Ainda assim, em 18 edições, foram 10 homens e oito mulheres que levaram o prêmio milionário. Até 2010, apenas duas mulheres tinham vencido e nenhuma delas segue em evidência na mídia até hoje.

Leia também: Fogo no parquinho! A (crescente) rivalidade entre Hana e Tereza no "BBB 19"

Os homens, em compensação, seguem na memória de quem sempre acompanhou o reality, como Diego Alemão, Marcelo Dourado, Max Porto, Rafinha e até Jean Wyllis. Verdade que algumas mulheres acabaram se dando bem nesse período, mas até os vilões como Doutor Gê e Alberto Caubói, são do sexo masculino.

Mas as coisas tem mudado nos últimos anos, e as mulheres tem chamado atenção. Depois da vitória de Cézar em 2015, foram três que levaram o prêmio: Munik Nunes, Emilly Araújo e Gleici Damasceno. Antes disso Maria Melillo, Vanessa Mesquita e Fernanda Keulla também haviam sido vencedoras.

Além disso, elas se destacaram fora também. Além de Keulla, duas participantes que não venceram edições entraram para a equipe de apresentadores da Globo: Ana Clara e Vivan Amorim. Na edição de 2014, pela primeira vez, a final teve somente mulheres . Até entre as vilãs, o principal nome é feminino: Ana Paula Renault.

Leia também: Autêntica ou sem noção? Paula polemiza e arranca sorrisos no “BBB 19”

O outro lado

Mulheres se destacaram fora do
Reprodução/Instagram
Mulheres se destacaram fora do "BBB": Sabrina Sato é o principal nome a sair do reality e se dar bem no entretenimento

Embora o protagonismo nas edições tenham sido majoritariamente masculino ao longo dos anos, as mulheres – que saíram perdendo – se deram melhor após o reality. Os três principais nomes a se destacar são Sabrina Sato, hoje uma das maiores apresentadoras do Brasil, além de Grazi Massafera e Juliana Alves, ambas com carreiras consolidadas como atrizes na Rede Globo.

“BBB 19”

Ex-BBBs reunidos no
Divulgação
Ex-BBBs reunidos no "Altas Horas": homens de edições passadas são mais lembrados

Ainda é muito cedo para definir possíveis campeões na edição 2019, mas é fato que o protagonismo, novamente, é feminino. Elas já saíram em vantagem quando um participante foi eliminado antes mesmo do programa começar.

Durante as primeiras semanas, outro participante, Vanderson, deixou o reality após ser intimado a depor sobre acusação de estupro. Os dois paredões da casa até agora também eliminaram homens. Começando sua terceira semana, são nove mulheres e cinco homens na casa.

Leia também: Seria Hana a Ana Clara sem um pai dentro do "BBB"?

Com exceção de Elana e Hariany, todas as outras tiveram seus momentos de destaque, seja ele positivo ou negativo. Seja quem for que se sagre vencedor desta edição, as mulheres tem mudado os rumos do “ BBB ” e não aceitam mais ser coadjuvantes.

    Leia tudo sobre: bbb

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.