Tamanho do texto

Ana Clara precisou lidar com impulsos e convicções e sairá do programa mais resiliente e madura. O mesmo não se pode dizer do goiano; entenda

A grande sacada de um jogo como o "BBB" é explorar nossa humanidade. É um grande tubo de ensaio em que determinados padrões são intensificados e postos à prova e há dois deles, convergentes e imbricados, que chamam a atenção na edição de 2018 por se apresentarem em um momento em que a agenda feminista está muito bem dimensionada no debate social. Trata-se da postura de Breno e Ana Clara, que ficaram logo na primeira festa que rolou no "BBB 18" e que depois preciaram lidar com diversas questões que não precisariam lidar se não estivessem em confinamento.

Leia também: Fotos antigas de Jéssica, do "BBB 18", caem na web e mostram mudança radical

Breno e Ana Clara discutem no mítico banheiro das DRs do
Reprodução/Globo
Breno e Ana Clara discutem no mítico banheiro das DRs do "BBB 18"

Breno ficou com Jaqueline poucos dias depois de ter ficado com Ana Clara. Mesmo tendo dito que não tinha interesse na sister. Depois da saída de Jaqueline, Ana Clara tentou se reaproximar, mas foi rechaçada. Breno resolveu investir em Paula, que vinha cultivando uma relação de amizade com Ana Clara. A sister disse que gostava da paquera, sentia-se carente, mas que resistiria. Fez disso uma espécie de mantra. Não resistiu e se entregou ao charme do goiano. Com a benção de Ana Clara, que antes até DR com a amiga tivera. 

Leia também: Poderosas! As 20 participantes mais sexy da história do "BBB"

Na madrugada de sexta (16) para sábado (17), Breno e Ana Clara protagonizaram uma inusitada e inesperada DR. Breno, que já está ficando com Paula há alguns dias, enciumou-se da maneira sensual que Kaysar e Ana Clara dançavam e chamou a sister para um papo no banheiro das DRs. "Mesmo que eu tenha ficado com você uma vez só, eu tenho um sentimento de posse", disparou o goiano antes de afirmar que se fosse ele, no lugar de Ana Clara, se incomodaria de vê-la beijando outras bocas. A ruiva admitiu se arrepender de ter ficado com ele. Os desabafos sob égide etílica seguiram por um bom tempo e renderam até brincadeira do perfil oficial da sister no Twitter comparando a coisa toda com uma novela mexicana. 

O que isso tudo quer dizer? 

Breno e Paula se beijam no BBB 18
Reprodução/Globo
Breno e Paula se beijam no BBB 18

Gleici , que vai mostrando uma clareza muito grande no jogo, em papo com a Ana Clara deu sua percepção dos fatos. "É machismo mesmo. Homem tem ego frágil" e acreana está coberta de razão. O comportamento de Breno não só é o desenho de um macho alfa do passado, como de alguém sem responsabilidade afetiva e extremamente egoísta - o fato de não saber sequer se virar na cozinha pode ser usado como um argumento a favor desse racioínio.  A resiliência de Ana Clara, no entanto, não vem sem sofrimento. E um parentese deve ser feito à participação contestada por muitos de Ayrton em todo esse embróglio. O patriarca da família Lima foi fundamental para preservar a filha, que teve momentos "fossa" em rede nacional bastante desagradáveis. 

Leia também: Anitta defende Kaysar nas redes sociais: "não me ofendeu nem nada de errado"

Mas Ana Clara , nessa conversa de sábado, mostrou uma maturidade, aos 20 anos que tanto Breno como Jaqueline e tantos outros na casa sublinharam em tom pejorativo, que o goiano ainda não demonstrou como ser humano na casa. 

Breno beija Jaqueline no BBB 18
Reprodução/Globo
Breno beija Jaqueline no BBB 18

Ana Clara representa a verve feminista de uma nova geração em plenitude rara de se ver. Na maneira como se relaciona com seu pai, com os amigos, com os homens, com as mulheres. A maneira verdadeira com que lida com suas inseguranças, mas também com suas convicções a colocam como a grande personagem desse "BBB 18". Se isso vai resultar em vitória, as próximas semanas dirão e ela tem um coach valioso na figura do pai, que joga junto da filha na vida e no game. 

Essas projeções e esse comentários acerca de um Breno arcaico e de uma Ana Clara contemporânea não seriam possíveis se o "BBB" não reconquistasse certa relevância e, para todos os própósitos, é justamente essa conotação sociológica a grande responsável pelo bom momento do programa.  

    Leia tudo sobre: BBB
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.