Amigo de Halyna Hutchins cria petição pelo fim de armas reais em filmagens
Reprodução
Amigo de Halyna Hutchins cria petição pelo fim de armas reais em filmagens


trágica morte da cineasta Halyna Hutchins no set do filme "Rust" gerou a criação de um abaixo-assinado pedindo o fim da utilização de armas capazes de ferir e matar em locais de gravação. Até o momento, já foram deixadas mais de 3 mil assinaturas no site Change.org . A diretora de fotografia foi atingida por um disparo feito pelo ator Alec Baldwin numa ação que foi acidental. Na mesma ocasião, o diretor Joel Souza ficou ferido, mas já recebeu atendimento médico no hospital e recebeu alta.


"Precisamos ter certeza de que isso nunca aconteça novamente. Não há desculpa para que algo assim aconteça no século 21. Armas reais não são mais necessárias em sets de produção de filmes. Este não é o início dos anos 90, quando Brandon Lee foi morto da mesma maneira. A mudança precisa acontecer antes que outras vidas talentosas sejam perdidas", afirma o autor da petição, Bandar Albuliwi, diretor formado pelo Instituto Americano de Cinema (AFI, na sigla em inglês), onde Halyna também estudou e o conheceu.

Leia Também

Segundo a revista "People", Bandar descreveu a cineasta como "uma boa amiga cuja vida foi tirada tragicamente devido a uma arma real usada no set".

'Estava finalmente entrando na indústria cinematográfica de Hollywood'

"Halyna se formou no Conservatório AFI em 2015 com um MFA (Mestrado em Belas Artes) em Cinematografia. Eu me formei em 2010 com um MFA em Direção. Como todos na "Família AFI", todos nós nos conhecíamos. É uma comunidade muito pequena de cineastas, que se esforçam ao máximo para conseguir sua 'grande chance' na indústria cinematográfica após a formatura", acrescentou Bandar. "Halyna foi nomeada 'Estrela em Ascensão' da ASC (Socidade Americana dos Cineastas) em 2019 e estava finalmente entrando na indústria cinematográfica de Hollywood após apressar e filmar conteúdo incrível por meia década".

O amigo de Halyna pediu então que as pessoas assinassem o abaixo-assinado para que Alec Baldwin "use seu poder e influência na indústria cinematográfica de Hollywood para fazer mudanças".

"Diga a ele para promover a 'Lei de Halyna', que proibirá o uso de armas de fogo reais no set", sugeriu. Bandar descreveu Halyna como uma "cineasta incrivelmente talentosa" e disse estar "em choque e entorpecido". Ele também lamentou que o diretor do filme, Joel Souza, tenha sofrido ferimentos pela mesma situação.

Baldwin se pronunciou sobre o caso

Alec Baldwin comentou a morte de Halyna Hutchins e o ferimento de Joel Souza por meio de seu perfil no Twitter.

“Não há palavras para expressar meu choque e tristeza em relação ao trágico acidente que tirou a vida de Halyna Hutchins, esposa, mãe e colega nossa profundamente admirada”, disse o ator. “Estou cooperando totalmente com a investigação policial para tratar de como essa tragédia ocorreu e estou em contato com o marido dela, oferecendo meu apoio a ele e sua família”, continuou. "Meu coração está partido por seu marido, seu filho e por todos que conheciam e amavam Halyna."

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários