Iara Riça morre aos 56 anos
Reprodução
Iara Riça morre aos 56 anos


Após ficar em coma por uma semana, após um acidente vascular cerebral (AVC), dubladora Iara Riça não resistiu e morreu hoje, aos 56 anos. A informação foi postada pelo dublador Guilherme Briggs, amigo de Iara, em suas redes sociais.

Com mais de 35 anos de carreira, Iara era famosa por dar voz a Arlequina, dublando a personagem da DC Comics tanto nos longas em que ela é interpretada pela atriz Margot Robbie quanto em episódios da série animada. A dubladora também criou interpretações inesquecíveis para Florzinha, da animação "As Meninas Superpoderosas"; a heroína Jean Grey, da série animada dos X-Men; e em produções como "Power Rangers", "Buffy", "Ben-10", "Liga da Justiça" e "Scooby-Doo".

Você viu?

Em suas redes, Guilherme Briggs, que vinha atualizando os seguidores sobre o estado de saúde da amiga, postou a seguinte mensagem: “Eu recebi a notícia que a nossa querida amiga e colega dubladora Iara Riça não resistiu ao aneurisma e teve morte cerebral, após passar vários dias em coma no hospital. Uma junta médica vai se reunir para os próximos passos”.

A morte de Iara acontece uma semana depois da de outra dubladora, Ana Lucia Menezes, aos 45 anos, também por AVC. Ela estava internada e passou por cirurgias na semana passada.

Ao longo de mais de 30 anos de carreira, Ana interpretou personagens conhecidos do público. Ela deu voz a Sam Pucket, do seriado americano "iCarly"; a ovelha Suzy, de Peppa Pig, e Rory Gilmore, de "Gilmore Girls". Desde a exibição da novela "Rebelde", em 2005, era a dubladora da atriz Maite Perroni no Brasil.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários