Tamanho do texto

Ex-apresentador da Band e SBT, Vasco faz da internet o seu "ócio criativo" e testa novos formatos: "No melhor estilo roots"

Ele já foi VJ, apresentador e dublê do Marcos Mion – pelo menos é isso que afirma em seu site. Se essa informação deixa dúvidas, a descrição de André Vasco como “um cara batuta, serelepe, supimpa, do balacobaco e fanfarrão” com certeza é mais confiável. Ao iG , André falou sobre o seu novo canal no YouTube e as diferenças de se trabalhar fora da TV.

André Vasco e a cadelinha Frida estrearam canal no YouTube há três meses
Reprodução/Youtube
André Vasco e a cadelinha Frida estrearam canal no YouTube há três meses


Ex-MTV, André ganhou seu primeiro programa por lá em 2005, o “Chapa Coco”, que apresentou ao lado de Felipe Solari e das gêmeas Keila e Kênia Boaventura (lembram do hit “Tem dias que a noite é fod*”?). Alternando entre MTV e SBT, acabou indo definitivamente para a emissora de Silvio Santos em 2009, para comandar o “Qual é o Seu Talento”. Em 2014, estreou o gameshow "Sabe ou Não Sabe" na Band, onde ficou até o final do ano passado, quando acabou seu contrato.

Mas mesmo com toda essa experiência na televisão, André começou tudo na internet, para onde voltou agora. "Eu iniciei gravando coisas exclusivas para a internet bem antes desse boom todo. Quando sai da MTV, criei um canal próprio, um site onde eu era independente apenas com um amigo, o Rodrigo Scott ", disse o apresentador ao iG.

André Vasco:
Reprodução
André Vasco: "A internet ao mesmo tempo que é democrática, é injusta"

Esse canal é tão antigo que ainda não fazia parte do YouTube. Na época, a plataforma de vídeos ainda engatinhava e os amigos hospedavam tudo num site próprio. "Fomos bem pioneiros. Foi o primeiro canal de vídeos a entrar na Apple Store do Brasil!", lembrou. "Infelizmente não pude continuar, pois não conseguia pagar as contas com o site. Foi aí que fui para o SBT".

Teste, teste, testando...
Questionado sobre por que criar um canal no YouTube, ele tem a resposta na ponta da língua: "Por que não? Sempre criei e produzi conteúdos. Lá serve de teste", rebateu. E isso é o que André mais tem feito. Com três meses de vida, o canal  do ex-VJ já conta com um quadro sobre curiosidades diversas, outro para entrevistas e mais um com registros da sua lua de mel na Indonésia.

Para o apresentador, o YouTube é o espaço do seu "ócio criativo", como define em seu primeiro vídeo. "O que posso mostrar lá são ideias que tenho e não puderam entrar na TV - ainda. É um grande rascunho de ideias. Uma versão moderna da antiga MTV", contou.

André Vasco comanda o canal com ajuda de amigos, mas não perde nenhuma etapa da produção dos vídeos. "Sempre participei intensamente de todos meus programas. Sou daqueles que gosta e quer se inteirar de todos os processos. O que mudou é que não tem a grana da TV. Eu produzo, crio e faço tudo com mais três amigos que têm uma produtora. No melhor estilo 'roots'", brincou.

Antes queridinho das adolescentes e depois das vovós, Vasco afirma que não controla o seu público online. "Sou a favor dos seguidores que querem conteúdo bom e diferenciado. A internet ao mesmo tempo que é democrática, é injusta. Poucos dominam ela, muitas vezes fazendo conteúdo não 'tão' inovador e pensado. Mas tem espaço para todos. Paciência", disse o apresentador.

Mas ele garante que o contato com os fãs não mudou. "Sempre respondi todos. O YouTube é apenas mais uma ferramenta para me comunicar com eles. Gosto de responder um a um. Anoto críticas, sugestões, tudo! Não os trato como números. Lido com pessoas, seres humanos", garantiu.