A modelo e repórter fala sobre assédio do diretor teatral, que colocou as mãos por baixo de seu vestido durante gravação para o “Pânico na Band”

Nicole Bahls não teve uma boa experiência em sua primeira entrevista após o retorno ao “Pânico”. Na noite desta quarta-feira (10), a modelo esteve no lançamento do livro “Arranhando a Superfície”, de Gerald Thomas , em uma livraria do Rio de Janeiro, e foi atacada pelo diretor teatral. Durante a gravação, Gerald colocou a mão por baixo do vestido de Nicole e a abraçou por trás, deixando-a bastante constrangida. “Dentro dos contextos de família, fiquei chocada”, declarou a modelo em entrevista ao iG .

Curta a fanpage do iG Gente no Facebook e receba notícias dos famosos

Ela ainda contou que levou um susto com a atitude de Gerald, até por ser a sua primeira gravação na fase de retomada ao programa. Mas afirma que tudo não passou de uma brincadeira inesperada. “Me desacostumei com esse tipo de humor. Cheguei em casa e fiquei abalada, constrangida. Mas depois, pensei um pouco e acho que faz parte do personagem. É uma oportunidade que estou tendo de voltar e isso faz parte do programa. Tenho que começar a separar o personagem da vida real”, avalia Nicole.

Ainda assim, a repórter afirmou que não se sentiu nada bem com o ocorrido. “É horrível. Para uma mulher, mais ainda”. Ela garante que Gerald não chegou a encostar em suas partes íntimas, pois logo pediu ajuda para o Ceará ( Wellington Muniz ) e os colegas de atração, que também participavam da gravação.

Nicole não pretende prestar uma queixa formal contra o diretor teatral e quer deixar a história de lado. “Acho que ele é gay assumido. Se fosse homem, com outra intenção... Mas era uma brincadeira. Se fosse um homem, talvez fosse mais agressivo”, disse.

Nesta sexta-feira (12), Gerald Thomas falou com a coluna "Gente Boa", do jornal "O Globo", sobre a polêmica. "Meti a mão na menina. E tudo termina nos panos quentes, CPI que acaba em pizza, como todas as coisas no Brasil, esse paisinho de quarto mundo, Corsa que quer ser Mercedes."

Na mesma tarde, o diretor deu sua versão em seu blog: "Vem de seio à mostra, no contexto chamado Pânico, entro no jogo" (leia aqui).

Leia mais: Nicole Bahls volta ao Pânico: "Não vou usar biquíni. Quero amadurecer no humor"

Com ou sem biquíni?

Em recente entrevista ao iG, Nicole comentou que não aparecerá mais de biquíni no “Pânico”, mas na tarde desta quarta-feira (10), antes da entrevista com Gerald, Nicole gravou na praia e de biquíni. A modelo explicou que isso ocorreu porque fazia parte de um contexto, mas que em estúdio, ou outros lugares fechados que não tenham relação com seu corpo exposto, manterá sua opção em não vestir o traje de banho.

A decisão veio após a perda de sua avó, que morreu em decorrência de um câncer em 2012, enquanto Nicole integrava o time de panicats. “A audiência do programa estava lá em cima, mas não estava me fazendo bem. Eu estava ali de biquíni, e em uma fase ruim espiritualmente, com minha avó no hospital. Me sentia pelada. Por dentro, estava muito mal. Não quero reviver isso”, explicou Nicole, que ainda não sabe dizer qual será sua próxima matéria.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.