Grávida de três meses, a atriz, que está no Brasil para divulgar o filme “Chamada de Emergência, fala sobre a expectativa de ser mãe novamente: “Vou dar uma desacelerada na carreira, mas não posso parar”

Ao contrário de sua primeira experiência como mãe, em 2008, quando decidiu se dedicar totalmente a Nahla por quatro anos, Halle Berry  garante que não vai interromper a carreira após a segunda gestação. “Tudo era novo e eu queria viver esse momento. Agora quero ter o bebê e continuar andando, trabalhando”, afirmou a atriz, grávida de três meses, durante a coletiva de imprensa realizada nesta quarta-feira (10), no hotel Copacabana Palace, no Rio de Janeiro, para divulgar o filme “Chamada de Emergência”.

Curta a fanpage do iG Gente no Facebook e receba as últimas notícias dos famosos

Com mais um longa de suspense em sua carreira, Halle contou que o fato de ter uma filha pequena e outro bebê a caminho jamais vai interferir em suas escolhas profissionais. “A maternidade não afeta os filmes que vou fazer. Sei que alguns trabalhos meus, eles (meus filhos) só vão ver mais tarde, quando estiverem mais velhos. Não é porque virei mãe que só vou fazer filmes da Disney", afirmou a atriz de 46 anos.

Mesmo desacelerando um pouco a agenda de compromissos, Halle, que vive  uma operadora do 911 (serviço de emergência da policia americana) no novo trabalho, já confirmou participação no próximo filme da série “X-Man”. “Começo a gravar semana que vem”, revelou ela, que ainda antecipou que as cenas de ação serão amenizadas por conta da gravidez. “A Tempestade (sua personagem) não vai ser tão durona quando imaginávamos. Não vai poder voar, correr ou pular, mas terá um papel importante no filme.”

Turista no Rio de Janeiro

Pela primeira vez no Brasil, mas sem a companhia do namorado, o ator  Oliver Martinez , e da filha, ela pretende turismo no Rio. “É quente, né? Cheguei ontem à noite e hoje acordei com a praia na frente, achei lindo. Quero ter um tempo livre para visitar o Pão de Açúcar, o Cristo Redentor, ir a bons restaurantes e, quem sabe. andar na praia.”

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.