Linn Da Quebrada falou sobre tratamento contra o câncer
Reprodução/Globo
Linn Da Quebrada falou sobre tratamento contra o câncer

Linn da Quebrada contou sobre o período que enfrentou o tratamento contra o câncer de testículo. Na cozinha do 'BBB 22', a artista conversou com Brunna Gonçalves, Jade Picon e Jessilane sobre o assunto. 


A sister do 'camarote' do reality contou que enfrentou a doença aos 23 anos, em 2014. "O câncer foi o momento que eu mais me aproximei do meu corpo, que eu entendi que as minhas fragilidades podiam ser potência, ser força, até comecei a escrever", contou. 

Devido ao tratamento, Linn teve que parar com o tratamento hormonal para a transição de gênero que começou aos 17 anos e isso a deixou fragilizada. Ela também comentou que a cantora Liniker, também trans, foi importante para a carreira. 

"Conheci a Liniker, é uma cantora babadeira. Ela foi morar no mesmo apartamento que eu, morávamos em 11. Quando eu ouvi ela cantar pela primeira vez na sala... [...] Quando ela canta, ela causa um estrondo. Eu fiquei: 'Nossa, então a música faz isso", disse Linn.

Leia Também

Linn contou que depois disso, a carreira deu um salto, com músicas de sucesso, um filme sobre a vida dela que venceu um festival na Alemanha e a primeira turnê na Europa. 

"Sempre precisei de pessoas para fazer as coisas junto comigo. [...] Isso tudo foi em um ano, aos meus 27 anos. Foi em 2017. Foi tudo muito rápido. As coisas foram acontecendo e não pararam mais de acontecer.", disse. 

Mas apesar da notoriedade, Linn reclamou da forma que mídia e o mercado tratavam a artista. "Em um momento, eu comecei a ficar triste porque eu sentia que todos os lugares me chamavam para fazer as mesmas perguntas. Sexualidade, gênero, trans", disse. 

"Eu sentia que eu estava correndo atrás do meu próprio, que o mercado estava me tornando uma coisa estática, a terrorista de gênero, e eu não estava mais satisfeita com aquele lugar", concluiu.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários