Sophie Charlotte interpreta Aracy de Carvalho
Reprodução/Globo
Sophie Charlotte interpreta Aracy de Carvalho


No papel de Aracy de Carvalho, diplomata brasileira que salvou centenas de judeus na 2ª Guerra Mundial, Sophia Charlotte retornou à cidade onde nasceu para se preparar para a minissérie 'Passaporte para Liberdade', em Hamburgo, na Alemanha. 


"Foi a primeira vez que eu voltei sozinha”, contou Sophie para o GShow. Ela teve que revisitar a infância e a primeira língua: o alemão durante a preparação. Na série, ela fala a língua inglesa. “Tinha que mergulhar nessa língua, que é minha primeira língua, e isso me provocou muita coisa: as palavras vêm recheadas de memórias, de cheiros, de emoção", disse.

"Me reconectar com a minha cidade, poder falar desse lugar, uma cidade portuária, linda, importante, para mim muito especial, foi o máximo. Dá uma sensação de ciclo, de nada é por acaso”, completa.

Sophie também comentou sobre a ligação com a cidade, que é cenário da minissérie. "Aprendi muito e além de, claro, ter uma ligação muito profunda com essa cidade por ter nascido lá, vivido até os 8 anos lá, esse encontro cultural do Brasil e da Alemanha que faz parte da minha vida”, disse. 

Leia Também

Escrita por Mario Teixeira e Rachel Anthony, com direção artística de Jayme Monjardim, a obra estreia na Globo nesta segunda-feira (20). Sophie diz que "foi arrebatador descobrir uma história dessa magnitude". "Meio que por acaso, através de um encontro nos Estúdios Globo no almoço e descobrir que era uma série que estava no processo de desenvolvimento com o Jayme”, lembra a atriz. 

“Fui correndo bater na porta da sala dele. Pelo amor de Deus! Acho que muitos acasos me encaminharam para essa história", disse a atriz, relembrando de quando foi atrás do diretor. Ela também comenta outras coincidências entre ela e Aracy de Carvalho. “A mãe da Aracy era alemã, assim como a minha mãe, então muitos paralelos foram se apresentando nesse sentido. Eu tenho um filho de 5 anos, Aracy foi morar em Hamburgo quando o filho tinha 5 anos", disse.

"Essa relação entre maternidade e impulso de realmente se sustentar enquanto mulher, enquanto humana, enquanto ativa, tomando decisões na sua jornada e transformando a vida das pessoas, tudo isso foi muito especial. É muito marcante encontrar uma história assim pra se contar como atriz. E ainda na minha língua materna”, contou Sophie.  


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários