Sikêra Jr e Jacson Damasceno
RedeTV e Band
Sikêra Jr e Jacson Damasceno

Sikêra Jr, de 55 anos, abriu um processo contra Jacson Damasceno, apresentador do "Brasil Urgente Rio Grande do Norte". Nos autos, o contratado da RedeTV! pede indenização de R$ 44 mil por danos morais, além de uma retratação pública transmitida na televisão. O embate na Justiça entre os comunicadores começou após Damasceno defender a comunidade LGTQIAP+ e criticar o discurso homofóbico de Sikêra, no qual o jornalista chamou homossexuais de "raça desgraçada" .

"Além de dinheiro, o que o senhor construiu nesse tempo todo, desde que você explodiu pra cá com as suas palhaçadas que você faz? O que você trouxe de construtivo para o Brasil? De útil para o Brasil? Quem é você comparado a Paulo Gustavo?" Quem é você comparado a Joãozinho Trinta? Quem é você comparado a Clodovil? Quem é você comparado a Cássia Eller? Comparado a Renato Russo? Comparado a Cazuza? E tantos outros gays e lésbicas que orgulham e honram esse país. A sexualidade da pessoa não diferencia em nada, não a diminui em nada. Quem é você pra dizer que uma pessoa é um desgraçado filho do cão? Quem é você, Sikêra Júnior? Se enxergue rapaz, você é um coroão velho, se enxergue, se coloque no seu lugar, respeite seus cabelos brancos, pregue, alguma coisa que preste nesse país", disse Jacson, durante uma edição de "Brasil Urgente RN", em crítica a Sikêra.

Em documentos da ação, que foram obtidos com exclusividade pelo Natelinha , a defesa de Sikêra Jr justifica o dano moral em "decorrência das informações inverídicas e desrespeitosas" divulgadas por Jacson, além disso, acusa o mesmo de "ridicularizar e agredir moralmente [Sikêra] com tais afirmações". "Sikêra recebeu acusações injustas e inverídicas através das afirmações divulgadas no Brasil Urgente. Logo, o autor encontra-se injustamente com a imagem abalada, pois o réu busca mostrar o autor como sendo um mau apresentador de televisão, alguém sem caráter", disse um trecho da petição.

No processo, além da indenização avaliada em R$ 44 mil, Sikêra pede uma retratação de Jacson no "Brasil Urgente" e a publicação da mesma nas redes sociais da emissora. A da Band, que é gerida pela Família Saad, ainda não se pronunciou sobre o assunto. Por conta da abertura do processo, Damasceno foi intimado e deverá comparecer à audiência de conciliação em 20 de outubro, às 09h45.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários