Clarissa Ward
Reprodução CNN
Clarissa Ward


Desde domingo (15) a jornalista inglesa Clarissa Ward, correspondente da CNN no Afeganistão, tem feito entradas ao vivo para atualizar o mundo sobre os acontecimentos em Cabul. Ao longo da programação o telespectador notou a transformação estética da profissional, ao invés de lenço, a repórter usava uma abaya, vestimenta totalmente preta utilizada em países árabes.

Em uma determinada entrada ao vivo, enquanto abrigava-se em um prédio, a jornalista declarou ver alguns colegas de profissão fugirem às pressas com medo de morrer. A essa altura, o âncora americano da CNN, Brian Stelter, demonstrou preocupação com a profissional. Entretanto, a mesma o tranquilizou. "Está tudo bem, estamos bem", disse ela, que tem 41 anos.

Após uma comparação viralizar nas redes sociais, Clarissa explicou que realmente mudou de aparência, mas não por conta do Talibã. Ela diz que cobriu sempre os cabelos em coberturas jornalísticas no país, mas desta vez, utilizou uma abaya para cobrir.

"Este meme é impreciso. A foto de cima está dentro de um complexo privado. A parte inferior está nas ruas do Talibã, realizada em Cabul. Eu sempre usava lenço na cabeça nas ruas de Cabul anteriormente, embora não com o cabelo totalmente coberto e abaya. Portanto, há uma diferença, mas não tanto assim", disse. 



    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários