Claudia Alencar e Daniela Albuquerque
Divulgação/RedeTV!
Claudia Alencar e Daniela Albuquerque

Claudia Alencar, que está completando 45 anos de carreira artística, recorda a reação do pai ao saber do desejo da filha, ainda jovem, de ser artista. "Me deu dois tapas na cara e disse que eu não era prostituta, que tinha que fazer Ciências Sociais, porque ele era sociólogo. Comecei a ficar com medo de ser atriz", declara em entrevista à apresentadora Daniela Albuquerque, do "Sensacional", que irá a ar hoje.

"Ele era muito destemperado, sofremos muita violência doméstica. Batia em mim, no meu irmão, na minha mãe", continuou Claudia, que insistiu até estrear na novela "Canção para Isabel", em 1976, somando hoje mais de 30 trabalhos.

Símbolo sexual nos anos 80, Claudia já ilustrou algumas revistas masculinas. Em 1987, por exemplo, ela posou para a Playboy."Eu bebi um tanto de vodka. É muito difícil posar nua e eu também não sou uma Anitta", afirma ela. O programa apresentado por Daniela Albuquerque irá ao ar na noite de hoje, às 22h30, na RedeTV!.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários