Ana chega à Patagônia
Reprodução/TV Globo
Ana chega à Patagônia

Eva (Ana Beatriz Nogueira) teme que Ana (Fernanda Vasconcellos) estrague sua carreira promissora no tênis. Junto com Vitória (Gisele Fróes), ela manda que a filha  esconda a gravidez e vá para a Argentina durante o período de gestação.

No aeroporto, Rodrigo (Rafael Cardoso) corre para falar com a namorada, mas Eva impede que os dois conversem. A tenista não o revela que espera um filho dele e vai embora. Mãe e filha viajam para Patagônia e, chegando lá, vão à uma agência de adoção.

Manuela (Marjorie Estiano) se espanta ao ver Rodrigo aos beijos com outra mulher em um show e conta o que viu para a irmã. Iná (Nicette Bruno) questiona a neta sobre sua irmã e a garota não sabe o que responder a avó. Eva acompanha a filha esportista até a casa de um casal que pode vir a adotar sua neta.

Algum tempo se passa, a tenista troca correspondências com a irmã durante todo o período de gestação. Rodrigo trabalha na empresa de Jonas (Paulo Betti) e seu desempenho é elogiado pelo pai. Cris (Regiane Alves) se muda para a mansão dos Macedo. Nanda (Maria Eduarda) critica o comportamento do irmão mais novo.

Desejando conhecer seus pais biológicos, Alice (Sthefany Brito) mente para Suzana (Daniela Escobar) para poder viajar. A psicóloga conta para Ana que Vitória é sua mãe de sangue e que ela a entregou para adoção, o mesmo que pretendem fazer com a criança que está para nascer.

A neta de Iná fica nervosa e entra em trabalho de parto. Já a treinadora fica aliviada ao saber que sua pupila favorita está prestes a retornar ao Brasil. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários