Marcius Melhem
Divulgação
Marcius Melhem


Mesmo após  Marcius Melhem ter rompido seu contrato com a Globo, vários funcionários da emissora, entre eles atores e atrizes, ainda repercutem as denúncias de assédio contra o ex-cordenador do departamento de humor da empesa. As informações, que são de Mônica Bergamo, dão conta de que cerca de 30 funcionários enviaram uma carta à direção da emissora para pedir uma reunião e manifestar descontentamento com o encaminhamento do processo.

A polêmica envolvendo o nome de Melhem veio à tona em 2019, com a notícia de que Dani Calabresa tinha feito uma denúncia contra ele no compliance da empresa.  Além da humorista, outras pessoas também buscaram o departamento para fazer acusações sobre Marcius.

Foi então que uma investigação foi aberta e tudo passou a ser tratado de forma discreta. Em 14 de agosto, a Globo divulgou que o contrato com Melhem estava sendo encerrado de comum acordo após 17 anos de parceria.

Ainda segundo Bergamo, na carta, que foi enviada a Carlos Henrique Schroder, diretor-geral da emissora, os profissionais dizem que querem criar um ambiente de trabalho saudável, transparente e digno para todas e todos. Eles pedem para debater medidas que garantam, daqui para a frente, o respeito e a segurança dos colaboradores.

Em nota, a Globo afirmou que marcou uma reunião com o grupo, que inclui pessoas que fizeram as acusações e também profissionais que as apoiam. Ela diz, ainda, que não tolera comportamentos abusivos e que mantém um canal para denúncias. Por fim, ela salientou que não comenta assuntos da área de compliance, mas reafirmou que todo relato de assédio, seja ele moral ou sexual, é apurado cuidadosamente e com muito critério.

    Veja Também

      Mostrar mais