Com a pandemia do novo coronavírus , os programas jornalísticos ganharam mais espeço nas programações e os jornalistas estão acompanhando de perto todas consequências negativas que a Covid-19 está causando no Brasil e no mundo. Nas transmissões ao vivo, muitos profissionais não estão conseguindo segurar a emoção e vários vídeos de âncoras e repórteres chorando ao vivo já dominaram as redes sociais.

Leia também: Jornalista faz 'coraçãozinho' ao ver entrevista de Bolsonaro e divide opiniões

Jornalistas
Reprodução
Jornalistas que já choraram ao vivo por causa da pandemia do novo coronavírus


O iG separou cinco momentos em que os jornalistas acabaram chorando ao vivo e emocionando os telespectadores. Confira:

William Bonner

William Bonner
Reprodução/TV Globo
William Bonner não conseguiu encerrar o jornal, pois estava emocionado


O âncora e editor-chefe do “Jornal Nacional” se emocionou após uma reportagem que foi exibida na última quinta-feira (30). A matéria em questão tinha como foco uma moradora do Rio de Janeiro que fazia shows para os vizinhos na janela da sua casa.

A mulher contou que já tinha feito 40 apresentações e que diariamente recebia mensagens carinhosas – principalmente de idosos. Ao fim da reportagem, Renata Vasconcellos disse: “O Bonner ficou emocionado”, e encerrou o jornal por ele.


Guga Chacra

Guga Chacra
Reprodução
Guga Chacra ficou emocionado ao falar da pandemia

Outro jornalista que também se emocionou ao vivo foi Guga Chacra . Durante uma cobertura na GloboNews , ele chorou ao falar do avanço da pandemia. “Eu acho que nesta semana irá agravar muito. Se não for nesta semana, será na outra semana... É muito triste tudo isso que está acontecendo. Eu estava falando com o Caio, dá até vontade de chorar”, disse o profissional com a voz embargada.


Jessica Senra

Jessica Senra
Reprodução
Jéssica Senra fez um apelo aos idosos

Apresentadora da TV Bahia , afiliada da Globo , a jornalista  Jessica Senra ficou emocionada ao pedir para que os idosos ficassem em casa durante a quarentena.

“Faço esse apelo à minha vovó também, que é muito ativa, que está em um momento de angústia dentro de casa. E, para todos os vovôs que nos acompanham, fiquem em casa. Sei que é difícil obedecer ordem de filho e de neto, porque claro né, vocês sabem melhor do que nós o que é bom para vocês, mas, por favor, ouçam o apelo das pessoas que não querem perder vocês”, disse a jornalista no telejornal.


Maria Beltrão

Maria Beltrão
Reprodução/Globonews
Maria Beltrão ficou emocionada com pessoas na fila da Caixa


Durante a transmissão do “Estúdio I”, na GloboNews , a apresentadora Maria Beltrão ficou comovida ao ver inúmeras pessoas nas filas da Caixa Econômica Federal com a esperança de sacar o auxílio emergencial. “Essa aglomeração é a aglomeração da necessidade. A aglomeração do desespero”, comentou com lágrimas nos olhos.  


Carlos Julio Gurumendi

Carlos Julio Gurumendi
Reprodução
Repórter do Equador chorou ao vivo


Não são apenas os brasileiros que andam se emocionando nos telejornais. Recentemente, o repórter Carlos Julio Gurumendi, que trabalha emissora equatoriana RTS , viralizou nas redes sociais após chorar ao vivo . Ao falar sobre o colapso funerário no Equador, o jornalista se emocionou e não conseguiu continuar dando a notícia: “Mil desculpas, mas não dá”.


    Veja Também

      Mostrar mais