Morreu na tarde do último domingo (21), o jornalista Roberto Fernandes. Ele era contratado da TV Mirante , afiliada da Globo no Maranhão, e foi a óbito devido a complicações provocadas pelo novo coronavírus (Sars-coV-2), causador da Covid-19. Roberto estava internado desde 23 de março. A informação é de Leo Dias.

Leia também: Pandemia faz rainha Elizabeth II cancelar comemoração de aniversário pela 1ª vez

Roberto Fernandes arrow-options
Reprodução
Roberto Fernandes

Leia também: Tom Hanks diz que sua mulher passou mal em tratamento com cloroquina

Na afiliada da Globo , Roberto Fernandes Júnior era analista político do "Bom Dia Mirante", noticiário matinal da emissora. Ele também era âncora do programa "Ponto final", na Mirante AM , emissora de rádio de São Luís.

Leia também: Roberto Carlos recomenda uso de máscaras de proteção devido Covid-19

À imprensa, a afiliada da Globo , emissora em que Roberto Fernandes trabalhava desde 1999, divulgou uma nota de pesar. Confira na íntegra.

"O jornalista Roberto Fernandes morreu na noite desta terça-feira (21) por complicações causadas pela Covid-19. Ele estava internado desde o dia 23 de março no Hospital UDI em São Luís com um quadro de pneumonia e chegou a ficar vários dias entubado.

Roberto Fernandes tinha 61 anos e era natural de Vitória de Santo Antão, município localizado em Pernambuco. Ele era formado em jornalismo pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Há 20 anos comandava o programa Ponto Final, na Rádio Mirante AM, e também era apresentador do quadro de política do Bom Dia Mirante.

Roberto Fernandes era casado com Sueline Morais Fernandes e deixa dois filhos, Roberto Fernandes Júnior e Vinicius de Moraes Fernandes. Ele deixa também um neto, Murilo Fernandes e a nora Camila".

    Veja Também

      Mostrar mais