Tamanho do texto

Emissora da Família Marinho teria demitido cerca de 100 pessoas na última quarta (6); funcionários alegam preocupação com o futuro na empresa

Na última quarta-feira (6) a Globo teria demitido 100 funcionários. Segundo informações do site Na Telinha , a lista de cortados tem profissionais do entretenimento, figurino, transporte e produção. Ao que parece, cortes foram motivados por uma megafusão de empresas do grupo.

Leia também: Tensão na Globo! Demissões teriam gerado choro e caos nos corredores da emissora


Globo arrow-options
Divulgação
Globo

A mudança faz parte do programa Uma Só Globo , iniciado em setembro de 2018, unindo a TV aberta, a Globosat, o Globo.com, Diretoria de Gestão Corporativa (DGCORP) e a Som Livre. O processo é coordenado pela Accenture, empresa de tecnologia e transformação empresarial.

Leia também: Ratinho abre o jogo sobre trocar SBT pela Globo

Ainda de acordo com o site, as demissões apesar de volumosas, seriam somente a primeira leva de cortes , que podem chegar a margem de 20% da folha de pagamento das organizações envolvidas na fusão. Funcionário ouvidos confirmam clima de tensão na empresa.

Leia também: Em depoimento, Jô alega inocência em "A Dona do Pedaço"

Em resposta, a Globo se pronunciou: "Não comentamos questões internas. Todas as grandes empresas modernas passam por processos na busca de eficiência e evolução constante. Nesse contexto, é natural que se façam ajustes".