Tamanho do texto

Colunista ainda chorou durante a exibição do "Bom Dia Paraíba", por conta de não ter se despedido da colega, Patrícia Rocha, que pediu demissão

Paulo Souto , advogado e colunista fixo do "Bom Dia Paraíba", da TV Cabo Branco, afiliada da Globo no estado, surpreendeu os telespectadores do programa na manhã desta terça-feira (10). Isso porque ele pediu demissão ao vivo.

Leia também: Jornalista da Globo curte despedida de solteira: "Game over"

Paulo Souto arrow-options
Reprodução/Twitter
Paulo Souto


O fato aconteceu porque, de acordo com o próprio Souto, ele foi proibido de se despedir da antiga apresentadora da atração da Globo , Patrícia Rocha, que pediu demissão na última semana. Durante a exibição do jornal, ele chorou e anunciou sua saída.

"Em sete anos, dez meses e três dias, ficamos eu e a Patrícia Rocha à frente desse quadro. Semana passada a Patrícia saiu, eu pedi autorização a Tatiana (produtora) para fazer uma homenagem à ela e foi autorizado. Mas, na quinta-feira (05), ela me desautorizou a fazer. Ou seja, me mandou um áudio dizendo que não ia mais rolar", disse, com a voz embargada pelo choro.

Leia também: Com fama de mal humorado, Rodrigo Bocardi chega distribuindo abraços na Globo

"A partir de hoje, eu me vejo no direito de não mais participar deste quadro", declarou. Denise Delmiro, que estreou à frente do noticiário da Globo na última segunda-feira (9), se mostrou surpresa com a ação e tentou acalmá-lo, ainda no programa.


Leia também: Repórter interrompe link ao vivo para ajudar desconhecido

"Se eu não pude homenagear uma parceira que passou comigo sete anos, dez meses e três dias, e não puder homenageá-la... A homenagem que eu faço aqui agora é a ela. Agradeço aos telespectadores que sempre me permitiram entrar na casa deles, mas eu não tenho condições. Eu fico triste porque estou dizendo isso a você na sua estreia. Admiro tanto o seu trabalho, você vai fazer o maior sucesso nesse quadro. A Patrícia esta sendo muito bem substituída. Se eu não fizesse isso, eu infartaria", encerrou Paulo Souto em sua última participação no jornal da Globo .