Tamanho do texto

Megale criticou a aptidão do filho do presidente da república para escrever e ainda o comparou com líderes venezuelanos, como Maduro e Chávez

Nesta terça-feira (10), durante o "Café com Jornal", o âncora da Band Luiz Megale criticou Carlos Bolsonaro, filho do presidente da república Jair Bolsonaro, por ter escrito que "por vias democráticas a transformação que o Brasil quer não acontecerá na velocidade que almejamos" no Twitter.

Luiz Megale arrow-options
REPRODUÇÃO / BAND
Luiz Megale

No momento, o jornalista da Band  declarou que um chimpanzé escreveria melhor do que o vereador do PSL. Ao vivo, Luiz Megale ele respondeu o tuíte de Carlos, em seguida ironizou a repercussão de sua replica: "Agora virei ditador?". Então o âncora chamou o filho do presidente de "Carluxo" e o comparou a líderes venezuelanos, como Hugo Chávez e Nicolás Maduro.

"Ainda não, né, Carluxo, mas a gente não sabe o que está passando na sua cabeça. Aliás, há que se dar um desconto aqui. O filho do presidente, o 02, tem uma dificuldade gigantesca para se expressar pela palavra escrita, então a gente nunca sabe se o que está escrito corresponde ao que está passando pela cabeça dele. Se colocar um chimpanzé em frente ao computador, é capaz que saia um texto mais inteligível do que o do Carlos Bolsonaro ", disse o âncora da Band . confira o vídeo.