Tamanho do texto

Stanley Gusman provocou polêmica no programa 'Alterosa Alerta' desta terça-feira (9) ao fazer uma piada com o nome do presidente do Ibope

O apresentador Stanley Gusman, que comanda o programa policial "Alterosa Alerta", na TV Alterosa, afiliada do SBT em Minas Gerais, causou polêmica ao fazer um comentário racista nesta terça-feira (9). Stanley criticou o presidente do Ibope, Carlos Augusto Montenegro, e o chamou de "demônio" além de ter dito que se ele fosse do bem seria "Montebranco".

Stanley Gusman
Reprodução
Stanley Gusman


O comentário aconteceu logo depois da apresentação de um sorteio. "Se bater três mil aqui, vou sortear mais ternos [ao indicar o número de espectadores em live do Facebook]. Este é o ' Alterosa Alerta ', é Minas Gerais respondendo… Não é aquele homem, aquele demônio do Ibope, não. É respondendo na tela da televisão. O Ibope do demônio. O nome do cara é Montenegro. Se ele fosse do bem, ele ia chamar Montebranco", esbravejou.


Aparentemente, o apresentador foi alertado pelo ponto eletrônico a respeito da gravidade de sua fala e tentou se retratar. "Não é de cor não gente. É escuro, escuridão. Céu branco, inferno negro. Ih…vocês também são muito, né?!", disse.



O Sindicato dos Jornalistas de Minas Gerais se manifestou sobre o assunto. "Ao invés de fazer o uso da liberdade de expressão para a promoção de temas construtivos e de valorização da igualdade, o apresentador do 'Alterosa Alerta', Stanley Gusman, reverbera o racismo odioso que envergonha a sociedade brasileira", dizia a nota.