Depois de uma onde de novelas bíblicas na Record, que fizeram sucesso, diga-se de passagem, a emissora resolveu voltar com temas atuais e estreou "Topíssima" na noite da última terça (21).

Leia também: Próxima novela da Record, "Topíssima" surfa no feminismo para atrair público

cena de
Divulgação/Record TV
"Topíssima", nova novela da Record, estreou na terça-feira (21)


Em " Topíssima ", Sophia Alencar (Camila Rodrigues) é uma empresária que vive no Rio e Antonio Ramos (Felipe Cunha), um taxista que mora em uma comunidade. Os dois vivem um romance improvável quando se envolvem em uma investigação policial. No primeiro capítulo da trama, eles são acusados de envolvimento no tráfico de drogas, um dos destaques da noite. Veja mais destaques:

Leia também: Record percebe saturação de novelas bíblicas e aposta em "Topíssima"

  • Aline Riscado deu vida à Luciana na novela , mas acabou morrendo ao descobrir que o amante trabalhava com tráfico de drogas. A participação especial da ex-bailarina do Faustão foi bastante comentada nas redes sociais.
  • Um dos grandes destaques da estreia ficou por conta de Eri Johnson, que vive dois personagens, o detetive Edevaldo Guedes e Pierre. Os telespectadores vibraram com a presença do ator.
  • A abertura da novela da Record também foi bem comentada já que, sem perceber, a trama trouxe algumas referências de "Balacobaco", trama de 2012 escrita por Gisele Joras.

Leia também: Maisa, "Roda Viva" e os programas da TV aberta que merecem a audiência

  • Já a personagem de Camila Rodrigues, que é dona do grupo que controla a universidade da trama, foi presa junto com Antonio pela suspeita do assassinato da personagem de Aline Riscado. A prisão reaproximou os dois, que ficaram na mesma cela da cadeia.
  • As fake news também apareceram em " Topíssima " em uma discussão sobre a situação do ensino superior no Brasil.

    Veja Também

      Mostrar mais