Tamanho do texto

No "Programa do Porchat", Danilo Gentili divulgou seu novo filme e não hesitou em falar das críticas que recebe por seu humor sobre política

Na última segunda-feira (26), Danilo Gentili foi ao " Programa do Porchat ", na Record, para promover seu filme "Os Exterminadores do Além contra a Loira do Banheiro", que estreia nesta semana, junto aos demais colegas de elenco - Murilo Couto e Léo Lins. Durante o papo descontraído os humoristas acabaram falando sobre política e Danilo não hesitou em alfinetar os críticos.

Leia também: Entenda como e por que Danilo Gentili está vencendo a Globo no fim de noite

Danilo Gentili em entrevista no
Reprodução/ Record TV
Danilo Gentili em entrevista no "Programa do Porchat"

O apresentador da atração, Fábio Porchat , começou o assunto questionando se o grupo achava que entrar no assunto de política não poderia atrapalhar de certa forma o humor. "Eu acho que não. Acho que pode atrapalhar ser anormal você dar sua opinião seja ela qual for, isso é um problema. Se você dá sua opinião e isso gera um problema, isso que atrapalha a comédia. Acho que é normal! As pessoas têm que dar a opinião", pontuou Danilo Gentili.

Leia também: Danilo Gentili polemiza no Twitter ao criticar movimento feminista

Aproveitando a deixa do apresentador do SBT, Porchat falou sobre o show "Politicamente Incorreto", feito por Gentili em Curitiba, Paraná, dizendo que o humorista "meteu o pau" nos políticos. Sobre esse assunto, Danilo fez questão de declarar: "Eu já sabia que iria apanhar e já sabia de quem eu iria apanhar. Eu fiz o show falando de todos e é sempre esses que não pode falar. Se você pegar meu programa, sempre fiz ao longo desses anos piada do Bolsonaro, do PT, do PSOL, do Daciolo e quem deu problema, processo, é o PT e o PSOL".

Leia também: Quais os possíveis destinos de Fábio Porchat  após saída da Record

Danilo Gentili  seguiu dizendo: “Vou continuar zoando o Bolsonaro de presidente e, se ele mandar, eu vou continuar metendo o pau”. Para finalizar, Fábio Porchat fez questão de brincar com o momento: "Muita gente diz que o Bolsonaro se elegeu por conta do PT, mas eu acho que não. Acho que a culpa é sua [Gentili] e do 'CQC'", disse ele fazendo a plateia do "Programa do Porchat" ir aos risos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.