Tamanho do texto

Após repetidos episódios de blackface no programa da Rede Globo, os internautas estão cada vez menos pacientes; a prática é presente no mundo televisivo e sempre repercute de maneira negativa quando entra em cena

Neste domingo (01), a atriz Helga Nemeczyk causou burburinho ao homenagear a cantora Beyoncé no quadro Show dos Famosos , no programa “Domingão do Faustão” . Na intenção de fazer uma apresentação de impacto feminista, foi a maquiagem da artista que roubou a cena provocando comentários de blackface na web.

Leia também: Temporada do "Show dos Famosos" é marcada por polêmicas e estranhamentos

Helga Nemeczyk causa polêmica com blackface no
Reprodução Instagram/AgNews
Helga Nemeczyk causa polêmica com blackface no "Domingão do Faustão"

Mesmo quem tem memória curta lembra que esta não é a primeira vez que a polêmica de blackface cerca a atração apresentada por Fausto Silva. Em 2017, Nelson Freitas se pintou de preto para interpretar o cantor James Brown, e, em 2018, Fafá de Belém também se destacou negativamente ao se “pintar” de Alcione.

Leia também: Salgueiro vira alvo de polêmica ao pintar integrantes de preto no carnaval 2018

Não demorou muito e a apresentação de Helga Nemeczyk se tornou alvo de críticas na internet. Muitas vezes radicais, alguns internautas (destoando dos outros) tiveram tom didático para explicar a prática tão repugnada.

Os internautas explicam o Blackface

“É uma questão histórica. Antigamente, quando precisavam interpretar pessoas negras, blackface era o que faziam. Porque pessoas negras eram excluídas da sociedade, entende ? Em 'As Branquelas', eles não escolheram atores negros pra não colocar atores brancos. Inclusive, boa sátira”, comentou um usuário do Twitter citando um grande clássico moderno hollywoodiano.

Para quem não sabe, como explicou o internauta, o blackface é a prática de pintar-se de preto para interpretar personagens negros, muitas vezes com viés sátirico e pejorativo. No entanto, o Show dos Famosos tem sempre como intenção homenagear ídolos da cultura musical.

Show dos Famosos vs Compromisso com a Estética

Paulo Ricardo abusa da maquiagem para interpretar Beth Carvalho
Reproduçao TV Globo
Paulo Ricardo abusa da maquiagem para interpretar Beth Carvalho

Compromissado a trazer todos os elementos possíveis do homenageado para o palco do “Domingão do Faustão”, o quadro o Show dos Famosos tem como padrão o uso de muita maquiagem, independente do tom de pele do ídolo interpretado. Prova disto é a transformação do ator Paulo Ricardo em Beth Carvalho.

Do lado oposto da situação, outro internauta abordou o assunto: “Parem com esse Mimimi de blackface… Aff… já deu esse lance hipócrita do politicamente correto pra tudo. É uma homenagem…”.

No depoimento acima, notamos uma postura menos rígida em relação ao assunto. Ele não interpreta como blackface o ato de pintar-se de preto, mas sim a prática de pintar-se de preto para enaltecer estereótipos e elementos pejorativos da raça negra.

Porém, seria de grande injustiça condenar o Show dos Famosos por todo o blackface produzido na televisão nacional.

Blackface na Televisão

Televisão nacional faz blackface há muito tempo
Montagem / Divulgação
Televisão nacional faz blackface há muito tempo

Em 2016, o programa “Mais Você”, da Rede Globo , comandado por Ana Maria Braga protagonizou um episódio de blackface, quando o barbeiro William resolveu usar uma fantasia de “Nega Maluca” para comparecer à atração.

A ex-líder da banda Calypso também já foi criticada pelo ato polêmico. Em 2017, Joelma participou do programa “Hora do Faro”, da RecordTv , e resolveu representar o astro pop Michael Jackson. Além das vestimentas, a cantora também garantiu a pigmentação negra em sua performance, deixando o público um tanto incomodado.

Leia também: Revista Vogue Italia escurece pele de Gigi Hadid e causa controvérsia

Na Band o blackface também não ficou de fora. Identificado como Africano, o personagem de Eduardo Sterblitch, no “Programa Pânico”, foi alvo de denúncia à Secretaria de Políticas e Promoção da Igualdade Racial, pois foi considerado pejorativo e racista.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.