Tamanho do texto

Sucesso entre as mulheres, padre Fábio de Melo fez revelações polêmicas e afirmou ter namorado muito em seu tempo de seminário; confira mais

No próximo domingo (24), o palco do “ Programa Eliana ” contará com um convidado para lá de especial: padre Fábio de Melo. Na atração ele vai fazer grandes revelações, inclusive sobre um fato que deixa muita gente curiosa – namoro.

Leia também: Padre Fábio de Melo fala sobre síndrome do pânico: “pensei em morrer”

Padre Fábio de Melo no
Gabriel Cardoso/SBT
Padre Fábio de Melo no "Programa Eliana"

Que o padre Fábio de Melo faz sucesso entre a mulherada isso ninguém pode negar. No entanto, o lado garanhão do sacerdote é coisa das antigas e para Eliana ele revelou que era namorador mesmo, inclusive no tempo de seminário, e já até passou por situação inusitada ao encontrar marido e filhos de uma namorada .

Leia também: Padre Fábio de Melo diz que "comeria macumba" e gera polêmica

A apresentadora da atração levou Fábio para uma viagem a cidade de Tiradentes , em Minas Gerais. Por lá eles tiraram um dia de folga, conheceram lugares especiais da cidade histórica, andaram de Maria Fumaça, carroça, e claro, colocaram o papo em dia.

Revelações de padre Fábio de Melo

Padre Fábio de Melo no
Gabriel Cardoso/SBT
Padre Fábio de Melo no "Programa Eliana"

“Eu já não fui muito certo desde o meu primeiro amor, já não deu muito certo....Eu vivi aquele amor platônico e quando ela foi embora, até febre eu tive. Foi muito doloroso”, admitiu o católico sobre o seu primeiro amor, e também aproveitou sobre o tempo de seminário: "Eu namorava muito no tempo do seminário”.

Quando o assunto foi a última namorada, o padre fez uma declaração polêmica: “Eu já me encontrei com uma, numa situação muito inusitada: ela com o marido e os filhos. Eu fiquei muito sem graça diante da situação, porque foi uma moça com quem eu quase me casei. Foi o último grande amor da minha vida”.

Mas nem só de namoro foi a entrevista. O papo rendeu e o padre relembrou da época difícil quando estava com síndrome do pânico.

Do problema, o sacerdote disse que encontrava força nas pessoas. “Eu acho que Deus nos coloca reservas. Então quando você acha que esgotou tudo o que tinha, você vai lá e descobre que ainda tem um poço a ser buscado. Deus é muito generoso comigo”, contou sobre a época da síndrome.

Leia também: Biografia revela que Fábio de Melo quase desistiu de ser padre por paixão íntima

Para concluir o assunto, o padre Fábio de Melo falou sobre estar curado da síndrome do pânico: “Eu me sinto administrando o limite. E como se eu soubesse que eu tenho um trilho estreito para andar. Não me sinto curado mesmo porque as vezes eu tenho manifestações do pânico”.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.