Tamanho do texto

A jornalista utilizou as redes sociais para anunciar sua saída; confira

A equipe da Rede Globo parece estar sofrendo muitas mudanças nos últimos tempos. Depois de Evaristo Costa e Carla Vilhena, agora foi a vez de Cristina Serra deixar a casa. Natural de Belém, a jornalista passou a maior parte do seu tempo enquanto trabalhava na emissora radicada na capital federal e fez o anúncio da sua saída em suas redes sociais nesta quarta-feira (31). 

Jornalista Cristina Serra durante cobertura do caso de Mariana, em Minas Gerais, durante 2015
Reprodução
Jornalista Cristina Serra durante cobertura do caso de Mariana, em Minas Gerais, durante 2015

Leia também: O que Carla Vilhena, fora da Globo, pode aprender com Evaristo Costa?

“Depois de 26 anos, encerro hoje meu contrato com a Rede Globo. Aos amigos e parceiros que tanto me ensinaram, com generosidade e enorme competência, meu mais afetuoso muito obrigada. A vida abre novas trilhas. A elas, pois. E, como eu vivo dizendo ao meu filho: vamos em frente! Com coragem e alegria. Sempre”, escreveu Cristina Serra em publicação.

Leia também: Deu ruim! Desabafo de jornalista de afiliada da Globo vai ao ar e vira meme

Trajetória

Formada na Universidade Federal Fluminense, Cristina Serra começou como repórter no RJTV e passou também pelo “Bom Dia Rio” ainda na década de 1990. Depois, foi parar no Jornal do Brasil e, passado um ano trabalhando no programa, aceitou um convite da TV Globo Brasília para ser repórter.

A jornalista ainda foi correspondente entre 2002 e 2005 da emissora em Nova York e chegou logo antes do primeiro aniversário do 11 de setembro, cobrindo o evento. Lá, ainda acompanhou as ações estadunidenses no Iraque e também viajou à Indonésia para cobrir a tsunami que devastou o país em 2004.

Leia também: O que esperar da programação da TV aberta em 2018?

Cristina Serra ainda passou pelo Globo News em programas como “Espaço Aberto” e “J10”. Além disso, também participou do quadro “As Meninas do Jô” em 2012, do “Programa do JÕ”, ao lado de Lilian Witte Fibe e Cristiana Lobo, opinando no bloco sobre os mais diversos temas, desde saúde à direitos humanos. Três anos depois a jornalista retornou ao Rio de Janeiro trabalhando no programa “Fantástico”, trabalhando incisivamente com grande reportagens voltadas a temas dos direitos humanos, como racismo e agressão à mulher.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.