Tamanho do texto

Aurora é a única que sabe a verdade sobre a filha, e acaba se tornando a voz da razão para ajudar espectador a entender motivações da filha

Uma passada rápida pelo Instagram de Juliana Paes já mostra o que muitos espectadores de “A Força do Querer” questionam: “porque Bibi continua se envolvendo com o crime ?”. A resposta mais fácil é o amor pelo marido Rubinho (Emílio Dantas), mas existe também uma vontade de Bibi de se sentir importante, e um desejo pro adrenalina que movem a personagem.

Leia também: “A Força do Querer”: Ingresso no mundo do crime mostra que Bibi gosta de atenção

Aurora (Elizângela) é o compasso moral de Bibi (juliana Paes)
Divulgação/TV Globo
Aurora (Elizângela) é o compasso moral de Bibi (juliana Paes)

Qualquer pessoa sensata, por mais apaixonada que fosse pelo marido, ia manter distância de qualquer ato criminoso, torcendo pela reabilitação do parceiro, e pensando em criar o filho o mais longe possível da criminalidade. Mas em “ A Força do Querer ” Bibi não é sensata, e cabe justamente a sua mãe “explicar” essa falta de bom senso para o público.

Leia também: Listamos oito motivos para você não perder "A Força do Querer"

Aurora ( Elizângela ), fica incumbida de ser a voz da razão que tenta justificar as ações da filha. Envergonhada ao receber a polícia para revistar a casa da filha, Aurora recebe a visita de Silvana ( Lília Cabral ) e se diz envergonhada pelo ocorrido. Ela depois, explica para a arquiteta que a filha é “viciada em adrenalina”, do mesmo jeito que outros são viciados em droga ou jogo. Ela comenta ainda que essa atitude da filha destrói não só ela, mas a família inteira. Mais tarde, para Caio ( Rodrigo Lombardi ), ela justifica a atitude de Bibi ao comentar que ela gosta de ser desejada. O advogado, então, relembra de seus próprios momentos com a ex, e dos seus argumentos para se separar, dizendo que queria mais tudo, mais intensidade, mais desejo, mais amor.

Elizângela

Aurora (Elizângela) tenta explicar atitudes da filha Bibi em
Divulgação/TV Globo
Aurora (Elizângela) tenta explicar atitudes da filha Bibi em "A Força do Querer"

Figurinha carimbada nas novelas de Glória Perez , Elizângela está dando um show de atuação como Aurora. A cena em que aparece no esconderijo da filha e do marido, recebida pelo genro armado, é de cortar o coração. A decepção, a triste e o desespero de uma mãe vendo a filha ir para o mau caminho estão estampados em seu rosto. Ela ainda tenta argumentar com Bibi, mostrando que o que ela está fazendo não é sensato, mas é em vão. E ela sabe. Está só cumprindo seu papel de mãe.

Em “ A Força do Querer ”, ela se torna o compasso moral de Bibi. Ao mesmo tempo que tenta convencer a filha a sair disso, também justifica, para os outros, as atitudes da filha. Aurora, que no começo parecia chata e implicante, ressentida pela filha ter escolhido o marido pobre ao invés do rico, acabou mudando e se tornando o norte que Bibi deveria ter.

Leia também: Silvana de "A Força do Querer" passa apuros com vício: relembre outros casos