Tamanho do texto

A novela de Glória Perez vem fazendo muito sucesso, é verdade, mas atrás das polêmicas, existe muito machismo indireto de alguns personagens

É inegável o sucesso que "A Força do Querer" vem fazendo, mas junto com a trama de Glória Perez , alguns assuntos polêmicos são abordados: a transexualidade, o vício, o tráfico de drogas, o preconceito em suas diversas formas, entre outros. O problema é que, mesmo sem abordar diretamente o machismo , grande parte dos homens das trama têm o seu lado machista.

Leia também: Dez hits que cantamos e não percebemos como são problemáticos

Veja todos os machistas de
Reprodução/Globo
Veja todos os machistas de "A Força do Querer"


O machismo de alguns personagens de "A Força do Querer" é mostrado nas entrelinhas de cada capítulo, mas não é problematizado diretamente. Ainda não percebeu? Então veja todos os machistas da novela e tire suas próprias conculusões:

Zeca (Marco Pigossi)

Zeca talvez seja o personagem mais machista de
Reprodução/Globo
Zeca talvez seja o personagem mais machista de "A Força do Querer"


Talvez Zeca seja  o personagem mais machista de toda a novela. O rapaz é daquele tipo que acha que a mulher não pode sair sozinha, não tem a capacidade de se defender sem ajuda e encrenca até mesmo com a profissão da namorada, que por ironia do destino é uma policial e ainda tem o grande sonho de ser uma lutadora de MMA. Não está fácil para Jeiza ( Paolla Oliveira ), né? Mas aos poucos ela vem amansando a fera.

Leia também: Zeca é risada garantida em "A Força do Querer": relembre melhores momentos

Ruy (Fiuk)

Ruy não fica muito atrás de Zeca e também tem seu lado machista
Reprodução/Globo
Ruy não fica muito atrás de Zeca e também tem seu lado machista


Assim como Zeca, Ruy também não gosta nada de ver sua mulher, Ritinha ( Isis Valverde ), saindo sozinha pelo Rio de Janeiro e acha ruim até mesmo quando a moça quer visitar a mãe. Na vida real, homens colocam a desculpa no ciúmes, o que não muda o fato de ser uma atitude extremamente machista, mas o personagem de Fiuk ainda tem um agravante: ele agrediu a ex-noiva Cibele ( Bruna Linzmeyer ) quando a puxou pelo braço.

Eurico (Humberto Martins)

Eurico é grosseiro e sempre grita com a mulher, Silvana
Reprodução/Globo
Eurico é grosseiro e sempre grita com a mulher, Silvana


O personagem de Humberto Martins não escapa dessa lista e, apesar de não querer proibir a mulher das coisas ou agredi-la, é bem comum ver Eurico gritando com Silvana ( Lilia Cabral ) o tempo todo. É verdade que sua esposa o tira do sério e vive contando mentiras, mas isso não justifica o fato dele ser grosseiro com a arquiteta o tempo todo. Além do mais, o personagem expõe uma visão de mundo que parece ultrapassada - algo evidenciado na relação com Nonato (Silvério Pereira).

Eugênio (Dan Stulbach)

Eugênio vem vivendo um relacionamento paralelo ao seu casamento
Reprodução/Globo
Eugênio vem vivendo um relacionamento paralelo ao seu casamento


Eugênio está na lista e comprova que o machismo de cada personagem da novela acontece de uma forma diferente. Bom, o fato é que o advogado é um bom pai e era um ótimo marido, até arrumar uma amante, no caso, Irene ( Débora Falabella ). Como se não bastasse, a culpa dele ter um relacionamento paralelo é da esposa, Joyce ( Maria Fernanda Cândido ), que não vem sendo uma boa esposa. O que vocês acham disso?

Dantas (Edson Celulari)

Dantas chegou a chamar a namorada de
Reprodução/Globo
Dantas chegou a chamar a namorada de "cachorra"


Leia também: Muito além de Jeiza! Paolla Oliveira tem personagens sensuais e bem resolvidas

Talvez chamar a ex-namorada de "cachorra" seja o suficiente para que Dantas também esteja na lista dos machistas de "A Força do Querer", né? Mas o fato é que o advogado ficou perseguindo Shirley ( Michelle Martins ) através d o celular quando os dois terminaram e chegou a culpa-la por atitudes erradas que sua filha, Cibele, estava tomando. 

    Leia tudo sobre: