Tamanho do texto

Humberto Carrão dá vida a Tiago no folhetim e tinha tudo para ser um sucesso, mas algumas atitudes como grosseria e traições mudaram isso

Interpretado pelo ator Humberto Carrão , Tiago até dava pinta de que faria um grande sucesso em "A Lei do Amor", e na verdade tinha tudo para que isso acontecesse, mas conforme a novela foi passando e a história foi sendo contada, o mocinho, que já não é tão mocinho assim, foi perdendo a graça para uma boa parte do público e agora é rejeitado pelo mesmo.

Leia também: Relembre triângulos amorosos que causaram nas novelas

Triângulo amoroso de
Reprodução/Globo
Triângulo amoroso de "A Lei do Amor"


O fato é que "A Lei do Amor" pode até ter começado bem, mas acabou se perdendo em virtude da baixa audiência, assim como as últimas novelas das nove da Rede Globo . Isso, porém, não apaga que desde o início da trama, o triângulo amoroso composto por Tiago, Isabela (Alice Wegmann) e Letícia (Isabella Santoni) aconteceu de maneira equivocada.

Tudo começou com Letícia se recuperando de uma leucemia e Tiago cansado da relação com a filha de Helô. Bastou Isabela aparecer para o rapaz se apaixonar perdidamente - e muito rapidamente - pela garota, o que também não agradou aos telespectadores. Aconteceu tudo de maneira muito rápida e o casal iniciou um caso.

O machismo de Tiago pode ter feito com que o público o rejeitasse
Reprodução/Globo
O machismo de Tiago pode ter feito com que o público o rejeitasse


Leia também: Relembre casais da vida real que protagonizaram cenas de sexo na TV

Machismo?

Logo no início da trama, quando Letícia se recuperava de câncer, as atitudes de Tiago já começaram a incomodar o público e seu machismo começou a aparecer: o moço estava cansado da namorada e mostrava que não a amava mais. Com o aparecimento de Isabela, mais uma atitude que os telespectadores ficaram incomodados, a traição. O problema, é que os autores tentaram colocar a culpa da infidelidade do membro da família Leitão na chatice da filha da Helô.

Mesmo com seu grande amor, Isabela, as atitudes machistas do rapaz não pararam e o auge ocorreu quando os pombinhos discutiram no barco em cena que marcou o desaparecimento da garçonete. Ela se desequilibrou, caiu e nunca mais foi vista. Ótima oportunidade para Tiago voltar atrás e se casar com Letícia, e foi o que aconteceu.

A chegada de Marina

No dia em que Tiago e Letícia se casaram, Marina, personagem idêntica a Isabela e muito enigmática, apareceu e veio querendo vingança e não demorou muito para que ela começasse a enlouquecer o rapaz, que cedeu as investidas e, mais uma vez, traiu a mulher e se mostrou extremamente machista em seu tratamento com a garota misteriosa.

Leia também: 20 fatos que tornam Giovanna Ewbank uma mulher incrivelmente sensual

Intolerância

Sim, o machismo atrapalha Tiago, mesmo tratando de uma ficção. Segundo a psicóloga Marilena Bigoto, isso se deve a evolução da humanidade e do ser humado, que não tolera mais esse tipo de coisa. "As mulheres hoje estão trabalhando muito para se empoderar, ter seu poder, seu valor, como pessoa, como mulher e não se sujeitar mais a padrões masculinos", explica.  "Quando uma pessoa assiste na TV uma atitude machista, que faz a mulher se submeter, ela não aceita mais, ela ridiculariza e isso tem a ver com esse novo momento histórico que estamos vivendo", completa. 

O que acontece em "A Lei do Amor" é a realidade de muitas pessoas, mas hoje, isso não é mais tolerado pelas pessoas "Hoje ele (machismo) não se justifica, hoje a mulher sai para trabalhar e é tão importante na estrutura do homem, quanto ele é para ela", finaliza.

    Leia tudo sobre: